+55 (67) 3546.2571
segunda, 27 de setembro de 2021
terça, 17 de setembro de 2013 - 11:55

Área plantada da soja será ampliada em 2013/14

A área plantada da soja em Dourados segue a tendência de aumento como em todo Brasil nesta Safra de Verão 2013/2014. O crescimento será de 10 mil hectares e deverá obter uma produção de 390 mil toneladas.

De 140 mil hectares plantados na safra passada, a expectativa é que passe para 150 mil nesta próxima, segundo a estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que divulgou ontem o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola para a próxima Safra de Verão.

A tendência é que a área plantada da soja seja maior em todo Estado. Segundo estimativa da Associação dos Produtores de Soja (Aprosoja/MS), o aumento da área de cultivo da oleaginosa será de 5%, atingindo 2,2 milhões de hectares no Estado.

No domingo, dia 15, acabou o vazio sanitário, período no qual fica proibido o plantio de soja para evitar a manifestação do fungo causador da ferrugem asiática.

De acordo com o engenheiro agrônomo do Grupo Plantio na Palha (GPP), Ângelo Ximenez, o produtor que não está comprometido com seguro rural e não segue o zoneamento agrícola, que define o inicio da plantação da soja em 1º de outubro, pode já começar o plantio.

“Desde ontem, os produtores têm carta branca prá plantar, mas por sua conta e risco. O ideal é que o produtor espere as primeiras chuvas para, assim, ter maior aproveitamento da umidade do solo e agilidade na germinação das sementes”, destacou Ângelo Ximenez.

De acordo com o engenheiro agrônomo, na região de Dourados, a maioria dos produtores deve esperar para começar a semeadura no inicio de outubro, mas produtores que costumam cultivar áreas acima de 5 mil hectares já começaram o plantio no Sul do Estado.

Expectativa

A expectativa dos produtores sul-mato-grossenses para a próxima safra de soja são as melhores possíveis. A influência do clima seco e quente nos Estados Unidos que fez com que houvesse uma quebra da safra americana traz um cenário positivo para o mercado brasileiro, principalmente com relação ao preço pago pela saca de 60 quilos da soja.

“As cotações em alta devem incentivar a expansão da cultura”, diz Ximenez. De acordo com o especialista, até o momento, as expectativas são positivas para a safra sul-mato-grossense.

“Os preços da soja, após um período de baixa, voltaram a subir influenciados pela possibilidade de redução da safra norte-americana. A tendência é a de que a produção seja ampliada na próxima safra uma vez que a liquidez e a cotação do produto são mais atrativos”, avalia. Para ele, a saca de 60 quilos da oleaginosa deve ficar em média R$ 60,00.

Brasil

A safra de soja 2013/14 do Brasil, cujo plantio está liberado desde domingo, pode crescer 9% ante 2012/13, em condições climáticas normais, para um recorde de 89,1 milhões de toneladas, de acordo com especialistas.

Conforme o AgRural, o fortalecimento do dólar dos EUA em relação ao real até agora tem compensado a queda nos preços da soja, mantendo o cultivo da cultura economicamente atraente para os agricultores no segundo maior produtor global da oleaginosa.

Em condições climáticas normais, o Brasil ficaria atrás dos Estados Unidos na produção de soja em 13/14, que é estimada em mais de 90 milhões de toneladas. A maior expansão de área em termos absolutos ocorrerá em Mato Grosso, maior Estado produtor de soja do Brasil, com um aumento de 592 mil hectares.

O Estado, que já planta 7,8 milhões de hectares com soja, tem grandes áreas de pastagens degradadas que estão sendo convertidas em terras agrícolas.

Expansão no plantio de soja também ocorrerá nos Estados de grãos do Sul, como o Paraná, onde os produtores vão trocar uma parte maior do plantio de milho no verão por soja.

A área de milho da safra verão deve cair em 13%, a 6,89 milhão de hectares, disse a consultoria.

Comentários
Imagem da semanaSinted pede aulas remotas e vacinação dos profissionais da educaçãoTodas as imagens
EnqueteQuem vai ser o Campeão da Copa do Brasil?
Resultados
42,86%
Santos
21,43%
Grêmio
21,43%
São Paulo
14,29%
Fluminense
20min36max
AnaurilândiaSol com algumas nuvens. Não chove.
22min34max
Campo GrandeSol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
20min37max
DouradosSol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
21min36max
Três LagoasSol com algumas nuvens. Não chove.