+55 (67) 3546.2571
segunda, 12 de abril de 2021
segunda, 12 de novembro de 2012 - 14:23

Demanda do consumidor por crédito se recupera e cresce 17,2% em outubro

De acordo com Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito, a quantidade de pessoas que procurou crédito em outubro/12 cresceu 17,2% em relação a setembro/12, mais que compensando a queda de 16,5% observada naquele mês. Em relação a outubro/11, a procura do consumidor por crédito avançou 11,9%, o melhor desempenho neste critério de comparação desde setembro de 2011. No acumulado do ano até outubro/12, a demanda do consumidor por crédito recuou 4,3%.

Outubro de 2012 apresentou dois dias úteis a mais que outubro do ano passado (22 contra 20). Fazendo o ajuste por número de dias úteis, a expansão interanual em outubro/12 foi de 1,7%, a segunda alta consecutiva na comparação interanual (em setembro/12 foi de 0,6%) após uma longa sequencia ininterrupta de queda (10 meses entre novembro/11 e agosto/12).

Segundo os economistas da Serasa Experian, o resultado de outubro/12 revela que o consumidor está retornando, gradativamente, ao mercado de crédito, reagindo positivamente aos estímulos fiscais e monetários, bem como à redução dos níveis de inadimplência.

Análise por região

O maior crescimento da demanda do consumidor por crédito, em outubro/12, ocorreu no Sudeste com alta de 26,8%. Em seguida, o Nordeste acusou crescimento de 16,2% na procura dos consumidores por crédito daquela região. No Norte a alta foi bem menos expressiva, 7,5% perante a setembro/12, ao passo que os menores avanços foram registrados no Sul (2,2%) e no Centro-Oeste (1,7%).

No acumulado do ano, de janeiro a outubro de 2012, as regiões de renda per capita mais baixa continuam apresentando os melhores resultados em termos de busca dos consumidores por crédito. O Norte, com variação de 2,1%, é a única que se encontra no terreno positivo na evolução da demanda dos seus consumidores por crédito. O Nordeste é a que apresenta a menor queda (recuo de 1,2% no acumulado de janeiro a outubro de 2012 frente ao mesmo período de 2011). Sudeste e Centro-Oeste estão apresentando recuos muito próximos (-4,8% e -5,0%, respectivamente) e a região com maior queda na demanda dos consumidores por crédito é a Sul com variação de -6,7% frente ao período de janeiro ao outubro do ano passado.

Análise por classe de renda pessoal mensal

Os maiores crescimentos das demandas dos consumidores por crédito em outubro/12 se verificaram nas camadas de menores rendas da população: 16,3% para quem ganha até R$ 500,00 mensais; 17,4% para quem recebe entre R$ 500,00 e R$ 1.000,00 mensais e 18,2% para quem ganha entre R$ 1.000,00 e R$ 2.000,00 por mês. Já as camadas de rendas mais elevadas apresentaram menores expansões, indo de 13,0% para os consumidores cuja renda mensal ultrapassa R$ 10.000,00 até 15,5% para os consumidores que recebem entre R$ 2.000,00 e R$ 5.000,00 por mês.

Em 2012, devido ao impacto do aumento do salário-mínimo, apenas a camada de renda mais baixa da população (ganhos até R$ 500 mensais) está registrando crescimento da sua procura por crédito: alta de 3,9% no acumulado de janeiro a outubro de 2012, frente ao mesmo período do ano passado. Todas as demais faixas de renda continuam exibindo quedas neste mesmo critério de comparação indo desde queda de 5,0% (consumidores que ganham entre R$ 500 e R$ 1.000 por mês e entre R$ 1.000 e R$ 2.000 mensais, até baixa de 6,2% (consumidores com renda mensal compreendida entre R$ 5.000 e R$ 10.000).


Imprimir

Veja Também
Comentários
Imagem da semanaSinted pede aulas remotas e vacinação dos profissionais da educaçãoTodas as imagens
EnqueteQuem vai ser o Campeão da Copa do Brasil?
Resultados
42,86%
Santos
21,43%
Grêmio
21,43%
São Paulo
14,29%
Fluminense
22min35max
AnaurilândiaSol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
20min32max
Campo GrandeSol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
21min29max
DouradosSol com muitas nuvens e períodos de céu nublado. Noite com pancadas de chuva.
24min35max
Três LagoasSol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.