+55 (67) 3546.2571
segunda, 27 de setembro de 2021
sexta, 6 de setembro de 2013 - 08:40

Puxada por Petrobras, Bovespa atinge maior nível em 3 meses

O principal índice da Bovespa avançou mais de 1% nesta quinta-feira, descolado das bolsas americanas, em sessão de alto giro financeiro com a influência positiva da Petrobras. O Ibovespa encerrou com alta de 1,23%, a 52.351 pontos - maior nível de fechamento desde 6 de junho. O giro financeiro da sessão foi de R$ 9 bilhões.

Tanto a ação preferencial quanto a ordinária da Petrobras subiram mais de 3% nesta sessão. Sete profissionais do mercado ouvidos pela Reuters não souberam apontar o motivo da alta, mas a maioria citou a volta de rumores sobre reajuste nos preços da gasolina e do diesel.

As ações da petroleira haviam subido com força em meados de agosto devido à expectativa de um reajuste nos combustíveis, que reduziria a defasagem dos valores praticados pela estatal. O aumento dos preços, no entanto, não se concretizou, o que fez o movimento perder força no mês passado.

Na terça-feira, o ministro das Minas e Energia, Edison Lobão, disse que o governo ainda não cogita um reajuste no preço da gasolina para este ano. "Hoje estava com cara de que o mercado ia trabalhar próximo da estabilidade, mas, dado o seu peso no Ibovespa, a Petrobras acabou puxando para cima" afirmou o operador de renda variável Thiago Montenegro, da Quantitas Asset Management.

O índice fechou descolado das bolsas dos Estados Unidos, que tiveram ganhos apenas residuais, com investidores relutantes em fazer grandes apostas antes da divulgação do relatório de emprego do país na sexta-feira e com a perspectiva de um ataque liderado pelo Ocidente contra a Síria ainda incerta.

Segundo operadores, a queda do dólar ante o real neste pregão também foi um catalisador de ganhos para alguns papéis, como o da companhia aérea Gol, que tem diversos custos em moeda estrangeira. No outro sentido, os papéis das empresas de siderurgia Gerdau e Usiminas, que exportam e concorrem com importados, recuaram.

Já ação da Sabesp teve a maior alta do índice, de 10,6%. Segundo um operador, o movimento foi sustentado por notícias sobre a possível aprovação de um reajuste tarifário da companhia de saneamento com base na inflação. Para o analista Flávio Conde, da Gradual Investimentos, o aumento da posição comprada de investidores estrangeiros no Ibovespa futuro foi outro fator importante para a bolsa.

"Eles estão hoje com cerca de 20 mil contratos positivos, e chegaram a ter 165 mil negativos em abril. Isso mostra claramente que uma das pernas do mercado, e talvez a mais importante, está apostando em uma subida", afirmou Conde.


Veja Também
Comentários
Imagem da semanaSinted pede aulas remotas e vacinação dos profissionais da educaçãoTodas as imagens
EnqueteQuem vai ser o Campeão da Copa do Brasil?
Resultados
42,86%
Santos
21,43%
Grêmio
21,43%
São Paulo
14,29%
Fluminense
20min36max
AnaurilândiaSol com algumas nuvens. Não chove.
22min34max
Campo GrandeSol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
20min37max
DouradosSol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
21min36max
Três LagoasSol com algumas nuvens. Não chove.