+55 (67) 3546.2571
quarta, 20 de outubro de 2021
segunda, 24 de fevereiro de 2014 - 10:00

Desfalcado, Palmeiras leva 3 do Botafogo e perde invencibilidade

Pela primeira vez no Campeonato Paulista de 2014, o Palmeiras descobriu o que é perder. Sem seis titulares, a equipe alviverde foi derrotada pelo Botafogo-SP por 3 a 1 neste domingo, atuando no interior. Para o time de Ribeirão Preto, fica a façanha de ter vencido todos os jogos que disputou em casa.

O resultado, entretanto, não preocupa o Palmeiras em termos de classificação. A equipe alviverde segue com 23 pontos e lidera tranquilamente o Grupo D. Já o Botafogo-SP retoma a ponta da chave B, que conta com o Corinthians.

O time de Ribeirão Preto volta a campo no sábado de Carnaval, novamente em casa, em duelo contra o Penapolense, líder do Grupo A, às 18h30. O Palmeiras, por sua vez, recebe o São Bernardo na quarta-feira, às 19h30, no Pacaembu.

O técnico Gilson Kleina teve uma série de desfalques para montar sua equipe. O Palmeiras não contou com Alan Kardec, Diogo, Leandro, Wesley, Juninho e Wellington, e o modificado time não foi capaz de manter o mesmo nível de atuações do grupo dono da melhor campanha do Estadual.

O Botafogo abriu o placar aos 20min do primeiro tempo, com Mike, que completou cruzamento de Giovanni. Dois minutos depois, a equipe visitante conseguiu um pênalti a favor em lance bastante discutível: após chute de Valdivia, a bola bateu no braço de Henrique, e a arbitragem interpretou como penalidade. O próprio chileno foi para a cobrança e empatou.

O time da casa, entretanto, não diminuiu de ritmo e voltou a ficar em vantagem aos 33min. William Matheus perdeu a bola no campo de defesa e viu Camilo avançar para vencer Fernando Prass com um chute da entrada da área. O lateral esquerdo do Palmeiras voltou a complicar três minutos depois, em mais um lance polêmico. A bola bateu no braço do jogador e o juiz deu pênalti, que foi convertido por Marcelo Macedo.

No segundo tempo, Kleina tentou mudar o panorama mandando ao jogo Bruno César e Vinícius, que entraram no lugar de Marquinhos Gabriel e Miguel Bianconi. O que ocorreu, entretanto, foi um Botafogo bem mais incisivo e perigoso. A situação palmeirense ficou ainda pior aos 29min, quando Bruno César se estranhou com a arbitragem e foi expulso.
Veja Também
Comentários
Imagem da semanaSinted pede aulas remotas e vacinação dos profissionais da educaçãoTodas as imagens
EnqueteQuem vai ser o Campeão da Copa do Brasil?
Resultados
42,86%
Santos
21,43%
Grêmio
21,43%
São Paulo
14,29%
Fluminense
17min27max
AnaurilândiaSol com algumas nuvens. Não chove.
15min29max
Campo GrandeSol com algumas nuvens. Não chove.
17min30max
DouradosSol com algumas nuvens. Não chove.
18min27max
Três LagoasSol com algumas nuvens. Não chove.