+55 (67) 3546.2571
terça, 13 de abril de 2021
quinta, 8 de novembro de 2012 - 14:15

Jogador Ronaldinho não chega a acordo com Fla e deixa audiência aos gritos de mercenário

O jogador Ronaldinho Gaúcho e o Flamengo estão mais perto de um acordo para o pagamento dos salários atrasados do jogador no período que ele atuava no Rubro-Negro. Na 9ª Vara do Trabalho, no Centro do Rio, o craque e o clube se acertaram, nesta quinta-feira, quanto à renegociação da dívida, mas não quanto ao valor. O processo vai ficar suspenso por 15 dias para que as partes tentem chegar a um entendimento.

- Estou tranquilo. Quero é acertar tudo, sem problemas. Por mim, tem acordo. O caminho é esse - afirmou o jogador na saída do prédio do Tribunal Regional do Trabalho (TRT).

A saída do jogador foi marcada por muita confusão. O craque do Atlético-MG foi chamado de mercenário e alguns fizeram alusão ao vídeo onde o jogador aparece se masturbando em frente ao computador.

O irmão e empresário do meia, Assis, também teve que ser contido na 9ª Vara do Trabalho. Ele esbarrou em um advogado, que falou: “Qual é? Aqui não é sua área, Assis”. O empresário ficou bravo e partiu para cima do rapaz, mas não houve briga.

Marcos Motta e Bechara Neto, advogados do Flamengo, preferiram não divulgar quanto foi proposto ao jogador. O meia pede R$ 40 milhões por atrasos de salários atrasados e em outro processo por danos morais quer R$ 15 milhões.

- Vamos esperar 15 dias para ver se vai ter acordo. Os valores são muito distantes, a dificuldade reside aí. Suspendemos o processo para poder negociar. Não podemos falar de valores, o processo está em segredo de Justiça - disse Bechara Neto.

A advogada de Ronaldinho, Gislaine Nunes, não quis dar declarações. Da parte do Flamengo, a presidente Patricia Amorim e o vice jurídico Rafael de Piro não compareceram. André Galdeano, advogado do futebol, estave na condição de testemunha, mas não foi chamado pela juíza Andrea Leandro de Souza Freitas.

O caso entre Flamengo e Ronaldinho deixou muita gente descontente. Outros advogados que estavam no TRT reclamaram dos privilégios dados ao jogador e ao Rubro-Negro, alegando que algumas audiências foram canceladas por causa do embróglio futebolístico.

Veja Também
Comentários
Imagem da semanaSinted pede aulas remotas e vacinação dos profissionais da educaçãoTodas as imagens
EnqueteQuem vai ser o Campeão da Copa do Brasil?
Resultados
42,86%
Santos
21,43%
Grêmio
21,43%
São Paulo
14,29%
Fluminense
23min32max
AnaurilândiaSol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
21min33max
Campo GrandeSol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
22min32max
DouradosSol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
24min32max
Três LagoasSol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.