+55 (67) 3546.2571
domingo, 13 de junho de 2021
quinta, 8 de novembro de 2012 - 15:15

Por unanimidade, STJD rejeita pedido do Palmeiras de anulação de jogo contra o Inter

Por 9 votos a 0, o STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) rejeitou o pedido do Palmeiras de anulação do jogo contra o Internacional, no Beira-Rio. O clube paulista alegava interferência externa na arbitragem no momento do gol anulado de Barcos, que mandou a bola para as redes com a mão. O julgamento, realizado nesta quinta-feira no Rio de Janeiro, durou quase três horas.

O time alviverde foi ao julgamento do pedido de impugnação do jogo contra o Internacional, realizado há duas rodadas em Porto Alegre, com o presidente Arnaldo Tirone, o gerente de futebol César Sampaio, o advogado José Mauro Couto e o centroavante Barcos.

A justificativa do Palmeiras é que o gol ilegal marcado por Barcos, que tocou com a mão para vencer o goleiro Muriel, foi anulado de forma que não respeita a lei do futebol, já que a arbitragem se usou de informações provenientes de quem viu a jogada pela televisão.

A acusação mostrou o vídeo no qual a repórter da TV Bandeirantes Tayná Rodrigues diz que o delegado do jogo, Gérson Baluta, pergunta aos repórteres se foi mão ou não.

O juiz do confronto, Francisco Carlos Nascimento, se defendeu e afirmou que, assim que a bola entrou na meta, o quarto árbitro o informou que foi feito o gol com a mão: "Não foi mais que 12 segundos".

O advogado do Inter, Daniel Cravo, defendeu a arbitragem: "É quase uma leviandade dizer que três profissionais vieram aqui mentir (em relação ao delegado e árbitros), em troca de aceitarmos notícia da imprensa. Poderia trazer aqui 400 outras notícias que diriam outra coisa a respeito do fato."

Relator do processo, Paulo Schmitt garantiu que o caso só é motivado pela situação do Palmeiras na tabela do Campeonato Brasileiro – ocupa a 18ª colocação do Brasileirão, sete pontos atrás do Bahia, primeiro time fora da zona de rebaixamento, restando quatro rodadas para o fim do campeonato: "O máximo que o Palmeiras deveria ter pedido era a validação do gol, e não sua anulação. Esse pedido é um absurdo. Se isso acontecer tem que pegar o boné e ir embora. Não há prova do uso da tecnologia."

Seu voto contra a anulação do jogo foi acompanhado pelos outros oito procuradores do STJD.

Como o resultado da partida estava sub júdice, agora o Internacional garante os três pontos na tabela de classificação do Brasileiro e fica com 51, enquanto o Palmeiras segue com 33.
Veja Também
Comentários
Imagem da semanaSinted pede aulas remotas e vacinação dos profissionais da educaçãoTodas as imagens
EnqueteQuem vai ser o Campeão da Copa do Brasil?
Resultados
42,86%
Santos
21,43%
Grêmio
21,43%
São Paulo
14,29%
Fluminense
12min28max
AnaurilândiaSol o dia todo sem nuvens no céu. Noite de tempo aberto ainda sem nuvens.
11min25max
Campo GrandeSol com algumas nuvens. Não chove.
10min24max
DouradosSol o dia todo sem nuvens no céu. Noite de tempo aberto ainda sem nuvens.
13min28max
Três LagoasSol o dia todo sem nuvens no céu. Noite de tempo aberto ainda sem nuvens.