+55 (67) 3546.2571
terça, 03 de agosto de 2021
terça, 7 de julho de 2015 - 17:45

Casal morre após acidente com veículo com placas de Santa Rita do Pardo (MS), em Pres. Prudente

Um casal, um homem de 67 anos e uma mulher de 57, morreu em um acidente no viaduto da Rodovia Raposo Tavares (SP-270) com a Avenida Coronel José Soares Marcondes, no Km 566 em Presidente Prudente. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, a batida ocorreu por volta das 9h20. "A causa do acidente é, provavelmente, excesso de velocidade. Houve uma ultrapassagem, o condutor perdeu o controle, pegou na grama e 'rampou' [subiu] na proteção lateral e veio bater no pilar", explica o capitão do Corpo de Bombeiros, Luís Alexandre Olivete. Veículo já foi retirado do local (Foto: Wellington Roberto/G1) Veículo já foi retirado do local (Foto: Wellington Roberto/G1) Segundo os bombeiros, o Mercedes Ssangyon, que tem placas de Santa Rita do Pardo (MS), ficou prensado entre a mureta do pilar que sustenta o viaduto e a proteção lateral da pista, chamada guard rail. O tempo estava chuvoso no momento da colisão. "É uma situação atípica. Foi uma pancada frontal e com poucas chances de vida. Quando os policiais chegaram, já havia sinais de morte evidente", conta Olivetti. A polícia ainda investiga as causas do acidente. As vítimas possuíam Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) registradas em Presidente Venceslau. Segundo o tenente da Polícia Militar Rodoviária, Alexandre Teruel de Melo, desde as primeiras horas da manhã, já havia chamados de que o veículo seguia pela pista de forma "perigosa". "Os policiais já tinham sido informados e estavam em alerta por conta deste carro. Os primeiros chamados foram de Presidente Venceslau, mas não foi feito contato visual com o veículo, por isso não foi feita a abordagem. Não há como prever uma situação destas, mas é preciso sempre ter atenção redobrada nas rodovias", diz tenente. A perícia já está no local para apurar as circunstâncias da colisão. Em nota, a Concessionária Auto Raposo Tavares (Cart), responsável pela administração da rodovia, informou que o trecho está devidamente sinalizado e orienta manter distância do veículo à frente e não parar no local da ocorrência. Mais radares O km 566, onde aconteceu o acidente, está no trecho urbano da Rodovia Raposo Tavares, local onde o Ministério Público Estadual pediu a instalação de mais radares e novas passarelas. Também foi solicitada a implantação de barreiras new jersey no entorno da pista. De acordo com os dados levantados pela Promotoria, a rodovia possui quatro pistas com o leito carrocável de "boa qualidade". Neste espaço, há 38 acessos entre saídas e entradas. O texto aponta que todos eles exigem "manobra que enseja cuidado", até por conta da "boa qualidade" que se encontra a rodovia e a falta de sinalização adequada. Também estão anexos dados da Polícia Militar, estes que apontam o trecho urbano como "palco" de 26,48% dos acidentes. Foram 23 acidentes em cinco anos, contra apenas três nos 149 km da rodovia restantes, cita o documento. A Justiça informou que a liminar seria apreciada só após as contestações.
Veja Também
Comentários
Imagem da semanaSinted pede aulas remotas e vacinação dos profissionais da educaçãoTodas as imagens
EnqueteQuem vai ser o Campeão da Copa do Brasil?
Resultados
42,86%
Santos
21,43%
Grêmio
21,43%
São Paulo
14,29%
Fluminense
13min28max
AnaurilândiaDia de sol, com nevoeiro ao amanhecer. As nuvens aumentam no decorrer da tarde.
13min30max
Campo GrandeSol com algumas nuvens. Não chove.
11min28max
DouradosSol com algumas nuvens. Não chove.
14min28max
Três LagoasDia de sol, com nevoeiro ao amanhecer. As nuvens aumentam no decorrer da tarde.