+55 (67) 3546.2571
quinta, 05 de agosto de 2021
quinta, 1 de novembro de 2012 - 15:47

Chega a 82 o número de mortos pela tempestade Sandy

As mortes na América do Norte em consequência da supertempestade Sandy, que causou destruição na Costa Leste dos Estados Unidos, subiram para 82 nesta quinta-feira (1º), em consequência de um aumento significativo no número de óbitos confirmados em Nova York e também de um aumento em Nova Jersey.

A contagem mais recentes de mortes na cidade de Nova York elevou o número para 34, informou a polícia nesta quinta. Quinze das mortes na cidade foram em Staten Island, ilha cuja área sudeste ficou totalmente alagada em consequência da elevação do nível do mar.

A polícia de Nova Jersey confirmou que o número de mortos no Estado subiu para 12, à medida que equipes de resgate continuam vasculhando áreas devastadas.

A tempestade, que chegou a expandir-se por uma área de 1.600 quilômetros em determinado momento, perdeu força e tamanho, enquanto avança para o norte, a caminho do Canadá.

Milhões de pessoas ficaram sem energia e sem serviço de transporte público ao longo da densamente povoada região costeira. Os efeitos mais recentes de Sandy estão atingindo agora as montanhas Apalache.

Agências oficiais alertaram que os números estão sujeitos a mudanças, podendo aumentar ou diminuir. Uma eventual redução aconteceria caso uma morte seja posteriormente confirmada como não sendo em consequência da tempestade.

Por enquanto, foram confirmadas 34 mortes na cidade de Nova York, oito no estado de Nova York, nove em Maryland, 12 em Nova Jersey, seis na Pensilvânia, cinco na Virgínia Ocidental, quatro em Connecticut, duas na Virgínia, uma na Carolina do Norte e uma em Toronto, no Canadá.

Na Carolina do Norte, o capitão do navião HMS Bounty, que naugrafou a 201 quilômetros a sudeste da costa de Hatteras, na Carolina no Norte, ainda está desaparecido. A morte de um homem que bateu de carro em uma árvore derrubada pela tempestade ainda não está confirmada como tendo sido causada por Sandy.

Recuperação
Nova York e outras cidades da Costa Leste tentam se recuperar e contar os prejuízos após a passagem da supertempestade Sandy, que castigou a região desde a noite de segunda-feira.

A companhia de energia de Nova York Consolidated Edison religou a energia em cerca de 2.000 residências da parte baixa de Manhattan e em 28.200 casas na região de Brighton Beach, no Brooklyn, na noite de quarta-feira (31), informou a empresa em comunicado.

Os trabalhos de resgate de moradores presos nas regiões litorâneasa continuavam. Em vários pontos do Nordeste do país, proprietários voltaram pela primeira vez aos seus imóveis devastados por incêndios e inundações. As primeiras estimativas são de um custo de até US$ 15 bilhões para as seguradoras.

Em Nova York, duas redes subterrâneas de energia, que ficaram fora de serviço no domingo à noite em consequência das enchentes, foram recuperadas.

Na quarta, o prefeito Michael Bloomberg anunciou que o acesso de carros à ilha de Manhattan vai ser restrito até sexta, em uma tentativa de aliviar o trânsito, tornado ainda mais caótico na ilha após a tempestade.



Veja Também
Comentários
Imagem da semanaSinted pede aulas remotas e vacinação dos profissionais da educaçãoTodas as imagens
EnqueteQuem vai ser o Campeão da Copa do Brasil?
Resultados
42,86%
Santos
21,43%
Grêmio
21,43%
São Paulo
14,29%
Fluminense
15min27max
AnaurilândiaSol com muitas nuvens durante o dia e períodos de céu nublado. Noite com poucas nuvens.
13min28max
Campo GrandeSol com muitas nuvens durante o dia e períodos de céu nublado. Noite com muitas nuvens.
11min25max
DouradosSol com muitas nuvens durante o dia e períodos de céu nublado. Noite com muitas nuvens.
16min27max
Três LagoasSol com muitas nuvens durante o dia e períodos de céu nublado. Noite com poucas nuvens.