+55 (67) 3546.2571
sexta, 26 de fevereiro de 2021
bataguassu
bataguassu
quinta, 14 de março de 2013 - 17:05

CNBB confirma vinda do novo papa ao Brasil em julho

O presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Raymundo Damasceno, afirmou na manhã desta quinta-feira, 14, que o papa Francisco confirmou que visitará o Brasil em julho para a Jornada Mundial da Juventude. "Eu tive a oportunidade de falar com [Jorge Mario] Bergoglio [papa Francisco] e ele me disse ontem mesmo que vai ao Brasil", disse.

Terminado o conclave, dom Damasceno saiu na manhã de hoje para comprar jornal no Vaticano. "Eu estava muito curioso para saber qual é a reação mundial dessa eleição", afirmou dom Raymundo ao "Estado". "Eu o conheço muito bem. E trabalhamos juntos em Aparecida. Foi uma grande escolha."

O cardeal brasileiro também disse que o argentino foi ganhando votos à medida que a eleição ocorria, num pleito em que ele não era favorito. "Bergoglio veio surgindo. E foi uma bela surpresa", completou Damasceno, que, com um saco de jornal na mão, voltou ao Vaticano.

Já o arcebispo de Brasília, dom Sergio da Rocha, disse hoje que a participação do argentino na Jornada Mundial da Juventude (JMJ), entre os dias 23 e 28 de julho no Rio de Janeiro, já era aguardada, independentemente dele ser eleito.

"Vai ser uma de suas primeiras viagens, se não a primeira", disse. "Nada altera o que é essencial para a jornada: um momento especial de encontro de jovens do mundo inteiro com o papa. Por isso, não se coloca em dúvida a vinda do papa ao Brasil."

A expectativa é que 2 milhões de pessoas participem do encontro. "Temos ainda um elemento novo: muita gente que não ia participar agora poderá ir para se encontrar com o novo papa", acrescentou.

A eleição do cardeal argentino, no entanto, deve acarretar "várias mudanças" no calendário de eventos da JMJ . A informação foi divulgada pelo vice-presidente do comitê organizador local do evento, dom Antonio Augusto Dias Duarte.

Para o arcebispo do Rio de Janeiro, dom Orani Tempesta, a eleição de um papa latino-americano, porém, deverá "aumentar a curiosidade" das pessoas em relação à JMJ e "atrair um número ainda maior de jovens provenientes de vários países vizinhos" ao Brasil.

Segundo Tempesta, também será necessário um grande trabalho "do ponto de vista logístico" por parte dos governos estatal e federal.

Nesta quinta-feira, o porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, comentou que Bergoglio fala seis idiomas. "Obviamente, ele fala espanhol, italiano -- como ouvimos ontem --, alemão, inglês, francês, e talvez também o português, o qual deverá aperfeiçoar para viajar ao Rio de Janeiro".

A última JMJ ocorreu em agosto de 2011, na capital espanhola, Madri, sendo que o público estimado foi de dois milhões de pessoas.

Veja Também
Comentários
EnqueteQuem vai ser o Campeão da Copa do Brasil?
Resultados
42,86%
Santos
21,43%
Grêmio
21,43%
São Paulo
14,29%
Fluminense
21min30max
AnaurilândiaSol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.
22min34max
Campo GrandeSol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
24min34max
DouradosSol com algumas nuvens. Não chove.
22min30max
Três LagoasSol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.