+55 (67) 3546.2571
terça, 26 de maio de 2020
bataguassu
bataguassu
sábado, 4 de abril de 2020 - 11:00

Com mais de 600 acolhidos em Campo Grande, vice-prefeita agradece doações

Pessoas estão doando roupas e alimentos para atender os acolhidos

A vice-prefeita de Campo Grande Adriane Lopes agradeceu nesta sexta-feira (4) doações dos campo-grandenses e destacou que já são mais de 600 pessoas em situação de rua e e famílias em vulnerabilidade acolhidas para que tenham condições de realizar o isolamento social.

“Foi uma semana que se iniciou difícil, com grandes desafios e com perguntas sem respostas. Mas nós estamos vencendo. Recebemos muitas doações de alimentos e roupas e eu estou passando para agradecer a todos que renunciaram e ajudaram de alguma forma”, disse pelas redes sociais.

Os acolhidos estão no Cetremi (Centro de Triagem do Migrante e População em Situação de Rua), migrantes e imigrantes na Escola Municipal Padre Tomaz Girardelli e pessoas em situação de rua estão na Escola Municipal Dr. Plinio Baarbosa Martins, além de aidosos em situação de abandono no Centro Dias.

Conforme a SAS, antes de serem acolhidos, ou seja, ainda nas ruas, eles estão sendo orientados sobre higiene e prevenção ao coronavírus. A abordagem social está sendo realizada em pontos onde costumeiramente moradores de rua costumam ficar.

A pasta ressalta que o acolhimento é provisório e para quem aceita. Os locais foram estruturados para receber pessoas e grupos familiares respeitando a privacidade de cada um.

Além da estrutura montada para pessoas o acolhimento com colchões, lençóis e chuveiro quente, os locais contam também com fornecimento 4 refeições por dia, acompanhamento médico e socioassistencial.

Também nos locais fica uma equipe técnica de profissionais que acompanham o local diariamente, com cuidadores sociais, uma coordenação, que propiciam atividades durante todo o dia para que ninguém caia na rotina.

 


Fonte: Midiamax
Veja Também
Comentários
EnqueteQuem vai ser o Campeão da Copa do Brasil?
Resultados
42,86%
Santos
21,43%
Grêmio
21,43%
São Paulo
14,29%
Fluminense