+55 (67) 3546.2571
sbado, 27 de fevereiro de 2021
bataguassu
bataguassu
terça, 12 de março de 2013 - 14:35

Confira o Legislativo de Campo Grande

Vereadores aprovaram um Projeto na sessão ordinária desta terça-feira

Os vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande aprovaram um Projeto na sessão ordinária de terça-feira (12).

Em segunda discussão e votação foi aprovado o Projeto de Lei n° 7.338/13, de autoria do vereador Mario Cesar, que institui o Dia Municipal do Rotary Club e dá outras providências.

A data será comemorada anualmente no dia 23 de fevereiro, no qual celebra-se nacional e internacionalmente o “Dia do Rotariano”. A proposta segue agora para sanção pelo prefeito Alcides Bernal.


Engenheiro Edson Shimabukuro pede revitalização no Giocondo Orsi

Durante sessão na manhã de hoje, o vereador e engenheiro, Edson Shimabukuro (PTB), fez três indicações para os bairros de Campo Grande. Entre elas: revitalização no bairro Giocondo Orsi, recapeamento e tapa buraco na Coophavilla II e melhorias na iluminação no Jardim Aero Rancho.

O vereador recebeu reivindicação da moradora do bairro Giocondo Orsi, Ana Maria de Souza, com o pedido de revitalizar a rua Clóvis Orsi, onde reside. Segundo ela, “falta visibilidade das placas e faixas sinalizadoras”.

Já a moradora do bairro Coophavila II, Elizabeth Souza, solicitou ao engenheiro Edson que leve a Secretaria Municipal de Obras o pedido de recapeamento e tapa buraco da rua Marambaia. De acordo com ela, “há muito tempo as ruas do bairro não recebem recapeamento”.

Outra necessidade que a população do Jardim Aero Rancho, setor VII, expôs ao vereador é a falta de iluminação e a necessidade de troca de lâmpadas na rua Assis Salomeni. Edson Shimabukuro apontou em seu discurso que a escuridão causa “vandalismo e põe em risco a situação dos moradores da região”. 


Vereadores votam um Ofício na sessão ordinária de quinta-feira

Os vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande votam um ofício pautado para discussão na sessão ordinária desta quinta-feira (14).

Em Sistema de “Ad Referendum” será votado o Ofício n° 2425/GAB/PMCG/2012, de autoria do Poder Executivo Municipal, que encaminha cópia de documentação referente à composição do Conselho Municipal da Juventude.

A sessão contará ainda com a participação da diretora da Associação Assistencial Horizonte, Maria José de Souza Miranda, que fará uso da Tribuna para discorrer sobre as atuações da entidade em Campo Grande e as dificuldades no atendimento da população que utiliza os serviços. O convite foi feito pelo vereador Ayrton de Araújo do PT.

Serviço – A sessão ordinária de quinta-feira (14) será realizada a partir das 9 horas, no Plenário Oliva Enciso, na sede da Casa de Leis, localizada na Avenida Ricardo Brandão, n° 1.600, bairro Jaiúka Park. 


Luiza Ribeiro (PPS) debate, nesta terça-feira, sobre a situação do bairro Amambaí, em especial, sobre a Antiga Rodoviária

A vereadora Luiza Ribeiro (PPS) convida a população para uma reunião que acontece hoje, às 19 horas, onde serão discutidas as alternativas para o bairro Amambaí e região. Em especial, a vereadora pretende ouvir as opiniões a respeito do tratamento a ser dado ao Centro Comercial Condomínio Terminal do Oeste (antiga Rodoviária).

“Como moradora do bairro tenho escutado a expectativa da população quanto à mudança da Câmara para o local, bem como a utilização do espaço por outros órgãos públicos e, senti a necessidade de discutir este tema com a população de Campo Grande. A partir daí encabeçar um estudo e um movimento que não deve parar até encontrarmos uma solução para toda a região do bairro Amambaí, e isso inclui a antiga Rodoviária”, comenta Luiza Ribeiro.

Logo depois de decretada a ordem de “despejo” dos vereadores de Campo Grande, pela 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS), o prefeito Alcides Bernal levantou a possibilidade de mudar a sede do Legislativo Municipal para o Terminal Rodoviário, criando assim debates tanto entre a população quanto entre os poderes. Na semana passada, uma comissão liderada pelo presidente da Câmara Municipal vereador Mario Cesar, esteve no local para conhecer as instalações e averiguar a atual situação do prédio.

A prefeitura já é proprietária de quase dois mil metros do prédio, que abrigou o primeiro shopping da cidade e hoje está com grande parte das lojas fechadas.

A reunião será no Corredor Central do Centro Comercial Condomínio Terminal do Oeste (Antiga Rodoviária), Rua Dom Aquino, 730 – Bairro Amambaí. 

Líder Comunitário do Parque do Sol pede ajuda de vereadores para resolver problemas da região

A sessão ordinária desta terça-feira (12) contou com a participação do líder comunitário do Bairro Parque do Sol, Celso Luiz de Paulo, que fez uso da Tribuna para abordar as dificuldades enfrentadas pela população da região vem enfrentando em relação à usina de gás orgânico instalada no referido bairro.

A convite do vereador Coringa, o líder comunitário destacou aos parlamentares as dificuldades enfrentadas pela comunidade, que sofre em vários problemas sociais e carece da atenção e da ajuda do Poder Público. 

De acordo com Celso Luiz, a região possui um presídio semi-aberto, o Presídio Federal, o Lixão, um centro de tratamento de esgoto e uma usina de adubo orgânico, que compromete a qualidade de vida dos moradores.

Celso Luiz afirmou em seu pronunciamento que “quando se fala em Parque do Sol e Dom Antonio todo mundo pensa em presídio semi-aberto, em presídio federal e no lixão. Falaram que iam construir o presídio federal e a comunidade iria de desenvolver. Após anos de sua construção não recebemos nada de benefício, apenas um certo ar de segurança. Os detentos do semi-aberto saem durante o dia para cometer delitos no comércio na região. O alto nível de criminalidade é um problema que está preocupando todos os moradores. Nos últimos dias 3 jovens morreram. Eles fortalecem o policiamento não região após os crimes, mas depois pára. O bairro Aero Rancho tinha um centro de tratamento de esgoto, que foi transferido para o Parque do Sol. Temos um centro de tratamento, mas não temos esgoto no bairro. Quem passa por ali sente um forte mau cheiro e acha que é o cheiro do lixão, mas é a usina de adubo orgânico que causa o mau cheiro”, avisa o líder comunitário.

Por fim, Celso Luiz disse em Plenário, que “venho aqui pedir a ajuda de todos os vereadores para nossa região, no Parque do Sol, Dom Antônio Barbosa e região tem muita gente de bem, trabalhadora, que acorda cedo todos os dias para levar o sustento da sua família. Nossa comunidade merece ser tratada, merece ser cuidada. Merece atenção do poder público, pois essa situação causa muito transtorno, pois estamos à mercê da marginalidade”, afirmou Celso Luiz. 


Edil Albuquerque intensifica ações para divulgação do projeto Clique Esperança


As declarações do imposto de renda para pessoa física e jurídica tiveram início em 1º de março e aproveitando a oportunidade, o vereador Edil Albuquerque irá reforçar durante todo o mês o projeto Clique Esperança, que teve início em 2007. O objetivo é repassar, por meio de doação, uma parte do imposto devido, para entidades que trabalham em prol das crianças e dos adolescentes em situação de risco em Campo grande.

Com isso, o dinheiro do contribuinte fica no município sendo utilizado para trabalhos sociais sérios, já que atualmente 70 entidades são cadastradas e monitoradas pelo Fundo Municipal para a Infância e Adolescência (FMIA). As doações recebidas vão direto para o fundo criado pelo Vereador Edil Albuquerque, por meio da lei nº2898/92 e o Clique Esperança oferece ao cidadão a oportunidade de escolher para qual instituição prefere destinar a doação que será deduzida do imposto.

É importante ressaltar que a pessoa física tem até 6% do valor deduzido do imposto e 1% para pessoa jurídica, e a Receita Federal ampliou o prazo para que a doação seja incluída na declaração de 2012. Então as pessoas interessadas em participar terão até o dia 30 de abril, com percentual de dedução de até 3% descontado em sua declaração.

Segundo Edil Albuquerque, em 2012, a arrecadação alcançou R$ 2milhões em contribuições e isso indica a confiabilidade da população no projeto, além do envolvimento em apoiar as causas das entidades em auxiliar nossas crianças e adolescentes. “São trabalhos muito bonitos que resgatam a dignidade de nossas crianças e que merecem a contribuição da sociedade. Cabe destacar a seriedade com que é realizado, pois existe um conselho que monitora as doações envolvidas e a destinação dos recursos”, pontuou o vereador.

O parlamentar está trabalhando com empenho para envolver a iniciativa privada, as entidades e toda população e assim, os números possam crescer ainda mais. “Estamos produzindo uma cartilha atualizada com informações sobre o projeto, além de nos reunirmos com empresários e colaboradores do Clique Esperança. Esperamos conseguir cada vez mais colaboradores para este projeto tão importante ao atendimento de nossas crianças e adolescentes”, destacou Edil.

Entre os principais parceiros do projeto estão o Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas de Mato Grosso do Sul (Sescon/MS), o Conselho Regional de Contabilidade de Mato Grosso do Sul (CRC) e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA).

O Clique Esperança é uma maneira ágil para o contribuinte fazer sua doação, obtendo incentivo tributário. A doação pode ser feita pelo site www.cliqueesperanca.org.br e o contribuinte define o valor e a entidade que pretende beneficiar, escolhendo em listagem apresentada no site. Em seguida, é gerado um boleto que pode ser pago em qualquer agência bancária. Já o recibo é o documento válido para a dedução do imposto de renda. 


Vergonha: moradores do Santa Emília convivem com lixo jogado na rua

Pedestres e motoristas que circulam no cruzamento das ruas Capitão Mário Pio Pereira com Barranquilha, perguntam-se, perplexos, o que é aquela pilha de lixo acumulada ao redor do corredor de acesso que liga os bairros Santa Emília à Nova Campo Grande.

Quem se aproxima desta região da cidade, percebe que o local transformou-se em um mini-lixão, pela concentração em grande quantidade de entulhos como: galhos de árvores secas, móveis velhos, pneus, animais mortos, até concretos e tijolos.

A equipe do vereador Flávio César (PT do B) percorreu o Santa Emília para ouvir as reclamações dos moradores e verificou que o lixo atrapalha a passagem dos veículos que se deslocam em direção ao aeroporto, uma vez que os entulhos estão depositados em toda a extensão do corredor de acesso.

“’Ano passado estávamos livres desse problema, mas a coisa piorou muito esse ano. Já liguei na prefeitura, mas toda vez é a mesma história: falam que vão vir no outro dia e ninguém aparece. Já chamei a imprensa e outros políticos para vir aqui conhecer nossa situação. O Flávio César é o primeiro parlamentar que manda seus assessores conferir de perto. A impressão que eu tenho é que o lixão se mudou para cá. O cheiro é insuportável e nossas crianças sofrem com doenças. Não adianta pedir para as pessoas não jogarem lixo na porta da minha casa. A prefeitura tem que fiscalizar e multar”, comenta indignado o autônomo Arnaldo Rodrigues de Almeida, 60, que mora na região há mais de 10 anos.

Na tentativa de solucionar o problema, o vereador Flávio César irá solicitar ao prefeito da Capital, Alcides Bernal (PP) que determine a Secretaria de Infra estrutura Transporte e Habitação (Seintrha) a limpeza do local em caráter de urgência.

“Essa situação é uma vergonha. Falta de educação e cidadania. Encaminhei uma indicação para que esse transtorno seja resolvido o mais rápido possível. Em uma época que estamos lutando para combater a epidemia da dengue, não dá para aceitar tanto lixo como pneus e latas jogados no meio da rua”, comentou Flávio.


Edson Shimabukuro recebe membros da Colônia Japonesa

Membros da Associação Nipo Brasileira de Campo Grande compareceram hoje, pela manhã, no gabinete do vereador Edson Shimabukuro (PTB) para pedir apoio do vereador no Campeonato Brasileiro de Geitebol.

O evento que acontece nos dias 18 e 19 de maio conta com a participação de cinco equipes, cerca de 25 atletas entre jovens, adultos e idosos. De acordo com o presidente regional de Gueitebol, Yoshiaki Aratani, “este é um grande evento em que também participam outras modalidades esportivas”.

O presidente da Associação Nipo-Brasileira de Campo Grande, Acelino Sinjo Nakasato, informa que o intercâmbio é realizado em todo o Brasil. “É uma prática realizada por atletas de várias idades e é o único esporte em que participam homens e mulheres, por isso viemos pedir o apoio do vereador”, conta Nakasato.

O vereador, Edson Shimabukuro, informou que encaminhará o pedido dos membros da Colônia Japonesa ao presidente da Fundação de Esporte de Campo Grande.

O atleta e membro da Associação Nipo-Brasileira, Robero Kokubum, informa que o esporte é praticado quatro vezes por semana tanto no Clube da Colônia Japonesa quanto na ACB (Associação Campo-Grandense de Beisebol).

Também participou da reunião o diretor de Geitebol da Associação Nipo Brasileira, Ituo Oikawa.
Veja Também
Comentários
EnqueteQuem vai ser o Campeão da Copa do Brasil?
Resultados
42,86%
Santos
21,43%
Grêmio
21,43%
São Paulo
14,29%
Fluminense
22min31max
AnaurilândiaSol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
22min32max
Campo GrandeSol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde. À noite o tempo fica aberto.
25min36max
DouradosSol com algumas nuvens. Não chove.
23min31max
Três LagoasSol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.