+55 (67) 3546.2571
domingo, 25 de julho de 2021
sexta, 12 de junho de 2015 - 15:35

Delcídio diz que Dilma vai liberar R$ 1 bilhão para 'agradar' Congresso

O líder do governo no Senado, Delcídio do Amaral (PT), informou que a presidente Dilma Rousseff (PT) deve autorizar a liberação, já nas próximas semanas, de R$ 1 bilhão em emendas ao orçamento para deputados e senadores. Segundo Delcídio, a liberação das emendas, assim como cargos que devem ser preenchidos, tem como objetivo reforçar as bases de Dilma no Congresso e concluir as votações de medidas do ajuste fiscal. O senador detalha que o montante de R$ 1 bilhão refere-se a restos a pagar de 2013 e 2014, que serão pagos em um período relativamente curto. “Nós já daríamos o ‘start’ a partir deste mês e gradativamente chegando nesse valor de R$ 1 bilhão”, declarou. O R$ 1 bilhão a ser liberado em emendas para os congressistas se refere “restos a pagar de 2013, de 2014”. Quando se dará esse pagamento? “Num período relativamente curto. Nós já daríamos o ‘start’ a partir deste mês [junho] e gradativamente chegando nesse valor de R$ 1 bilhão”. O senador foi questionado sobre a mudança de comportamento do Partido dos Trabalhadores, que outrora era contra a liberação de emendas e distribuição de cargos em troca de apoio, mas defendeu a prática. “Não. Uma coisa é você ser oposição. Aí quando você senta na cadeira…a história é diferente”, justificou. A entrevista foi concedida ao Blog do Fernando Rodrigues.
Veja Também
Comentários
Imagem da semanaSinted pede aulas remotas e vacinação dos profissionais da educaçãoTodas as imagens
EnqueteQuem vai ser o Campeão da Copa do Brasil?
Resultados
42,86%
Santos
21,43%
Grêmio
21,43%
São Paulo
14,29%
Fluminense
16min33max
AnaurilândiaSol o dia todo sem nuvens no céu. Noite de tempo aberto ainda sem nuvens.
17min34max
Campo GrandeSol o dia todo sem nuvens no céu. Noite de tempo aberto ainda sem nuvens.
16min34max
DouradosSol com algumas nuvens. Não chove.
17min33max
Três LagoasSol o dia todo sem nuvens no céu. Noite de tempo aberto ainda sem nuvens.