+55 (67) 3546.2571
domingo, 25 de julho de 2021
sexta, 12 de junho de 2015 - 17:15

Delcídio diz que maior desafio do Brasil é a infraestrutura

O líder do governo no Senado, Delcídio do Amaral (PT/MS) , elogiou a decisão do governo federal de lançar o Programa de Investimento em Logística que, segundo ele, representa o início de uma “ virada de página na crise ” para fazer o Brasil voltar a crescer. “Tivemos uma semana bastante agitada aqui em Brasília, começando com o lançamento desse programa que responde ao maior desafio do Brasil : a infraestrutura. Vários estados vão receber investimentos em rodovias, portos, aeroportos e ferrovias, e o capital privado é sempre muito bem vindo , principalmente num momento em que estamos enxugando os gastos do governo . Sem dúvida nenhuma, essa proposta representa um avanço , porque introduz novamente no processo de concessões a figura da outorga, especialmente na questão das ferrovias , e demonstra nitidamente que os bancos públicos vão ter menos protagonismo no processo, cabendo aos capitais privados, através de debentures de infraestrutura, um papel especialíssimo no desenvolvimento desses projetos”, comentou o senador nesta sexta-feira, 12, pouco antes de embarcar para Salvador (BA), onde participa neste final de semana do Congresso do Partido dos Trabalhadores. Delcídio disse que os investimentos previstos no programa para Mato Grosso do Sul poderão ser, inclusive, ampliados. “O nosso estado está muito bem contemplado . A BR 262, no trecho de Campo Grande a Três Lagoas, foi incluída nos leilões de concessão e a BR 267 também. Ambas são rodovias extremamente importantes , junto com a 163 , que a iniciativa privada já cuida . Fundamental destacar também o ramal da Norte-Sul que chegará a Três Lagoas, marcando o princípio de uma ação que vai levar essa ferrovia possivelmente a Grande Dourados , uma região agrícola forte, produtora de alimentos, que precisa de modais de transporte competitivos”, observou. Estatuto - O senador destacou outros projetos importante votados esta semana. “Aprovamos o Estatuto da Pessoa com Deficiência, que dá tratamento compatível com o que um país cidadão precisa efetivamente aplicar no seu dia a dia para garantir os direitos de milhões de brasileiros. A nova lei trata de questões relacionadas a diversos aspectos da vida das pessoas com algum tipo de limitação física ou intelectual, como educação, saúde, trabalho, infraestrutura urbana, cultura e esporte”, explicou. Reforma - Além das atividades no Congresso, Delcídio esteve em vários ministérios e na Vice-Presidência da República, negociando medidas para reduzir a carga tributária. “Trabalhamos intensamente com o ministro Joaquim Levy (Fazenda) na reforma tributária, na construção do pacto federativo e na reforma do ICMS. Estudamos soluções que vão levar à criação de um fundo de compensação para mitigar os prejuízos que eventualmente alguns estados terão com a unificação das alíquotas de ICMS interestaduais. Essa é a maior reforma econômica do governo Dilma. Ela vai trazer impactos extraordinários na economia brasileira e é bom perceber que esse tema foi incorporado na sua totalidade pela equipe da presidente. Nas próximas semanas, nós vamos continuar trabalhando duro para que esse projeto tenha sucesso, até porque é um projeto complexo, que envolve as 27 unidades da federação brasileira”, ponderou. Servidores - Outra pauta importante da semana foi o aumento dos servidores do Judiciário. “Fechamos o compromisso de se buscar uma solução definitiva para o reajuste , que levou inclusive a momentos difíceis , principalmente no convencimento dos sindicatos. É importante que o governo tenha um tempo maior para chegar a uma proposta factível, que efetivamente tenha condições de ser honrada. Eu não tenho dúvida de que isso estará resolvido até o dia 30”, previu.
Veja Também
Comentários
Imagem da semanaSinted pede aulas remotas e vacinação dos profissionais da educaçãoTodas as imagens
EnqueteQuem vai ser o Campeão da Copa do Brasil?
Resultados
42,86%
Santos
21,43%
Grêmio
21,43%
São Paulo
14,29%
Fluminense
16min33max
AnaurilândiaSol o dia todo sem nuvens no céu. Noite de tempo aberto ainda sem nuvens.
17min34max
Campo GrandeSol o dia todo sem nuvens no céu. Noite de tempo aberto ainda sem nuvens.
16min34max
DouradosSol com algumas nuvens. Não chove.
17min33max
Três LagoasSol o dia todo sem nuvens no céu. Noite de tempo aberto ainda sem nuvens.