+55 (67) 3546.2571
sexta, 25 de maio de 2018
santa rita02
bataguassu
quarta, 7 de fevereiro de 2018 - 10:50

Delegado da Lava Jato assume Combate ao Crime Organizado na PF em MS

Cleo Mazzotti será Delegado Regional Executivo

O novo superintendente da Polícia Federal em Mato Grosso do Sul, Luciano Flores, reorganizou o que é considerado o ‘alto escalão’ da instituição no Estado. Foi nomeado nesta quarta-feira (07) Luciano Menin, delegado que atuou na Lava Jato em Curitiba, para o cargo de Delegado Regional de Investigação e Combate ao Crime Organizado. A nomeação foi publicada no Diário Oficial da União.

Cleo Matusiak Mazzotti, que ocupava a função, foi designado para Delegado Regional Executivo, que atuará junto ao novo chefe, com Luciano Menin.

O novo chefe da investigação contra o crime organizado já atuou por duas vezes na Operação Lava Jato, uma delas em força-tarefa, e estava ligado à delegacia de Marília desde 2000, com atuação no combate ao tráfico de drogas e na Operação Miragem, que lacrou rádios sem registro da cidade.

O inquérito provocou ordens de prisão e buscas na prefeitura de Marília, residências e escritórios políticos do deputado estadual Abelardo Camarinha e seu filho, Vinícius Camarinha, que era prefeito da cidade na época.

 

O deputado pediu à Justiça Federal para afastar o delegado da operação, alegando perseguição, inimizade, parcialidade e interesse pessoal na investigação conduzida pelo delegado, porém o pedido foi negado.

Cleo Mazzotti, que interinamente atua como Superintendente da instituição, até a posse de Luciano Flores, atuou na Operação Lama Asfáltica em Mato Grosso do Sul, que culminou com as prisões do então secretário executivo do Ministério dos Transportes Edson Giroto e do ex-governador André Puccinelli, além de investigar na ação diversos empresários e políticos do Estado.



Fonte: midiamax
Veja Também
Comentários
brasilandia rodape
Netshoes Temporário
brasilandia