+55 (67) 3546.2571
terça, 03 de agosto de 2021
segunda, 29 de junho de 2015 - 14:15

Emoção marca sessão solene de homenagens proposta por Nilo Candido

Em emocionante sessão solene realizada na sexta-feira, o vereador professor Nilo Candido concedeu moção de congratulação a pessoas que têm prestado serviços para o bem da coletividade, em diversos setores do município. De acordo com o vereador Nilo, seu grande sonho, ao assumir uma cadeira de vereador, foi auxiliar no crescimento cultural, educacional e também no setor turístico de Três Lagoas, o que o levou a homenagear pessoas que têm atuado nestas áreas, assim como aquelas que desenvolvem projetos de cunho social. O primeiro homenageado da noite foi Wesley Mendonça, representando o jornal Hojemais e o grupo Agitta de Comunicação, pela publicação de 15 especiais, durante 15 sábados antecedentes ao aniversário de cem anos de Três Lagoas, retratando episódios da história do município. Ainda recebeu a moção pela publicação de revista especial do centenário. O empresário destacou que os projetos foram desenvolvidos por uma equipe de 38 funcionários diretos e cerca de 20, indiretos, que se prontificaram a trabalhar dobrado para a realização do planejado. “A homenagem deve ser estendida à rede de colaboradores, que trabalhou incansavelmente para mostrar a história linda da nossa cidade”, afirmou. Dona Cleuza Aparecida Pedroso foi a segunda homenageada, em agradecimento aos relevantes serviços sociais prestados em prol da população carente, com a distribuição de cestas básicas, remédios e ajuda a crianças. “Depois de 20 anos fazendo estes trabalhos, que estou sendo reconhecida. Agora é que eu não paro mais”, afirmou, bastante emocionada. O diretor do campus I e II da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, professor José Antonio Menoni também recebeu moção de congratulação pelo excelente trabalho à frente da instituição. Ele relatou os avanços conquistados nos últimos anos, seja na parte estrutural, funcional ou na implantação de novos cursos, como os de engenharia de produção e medicina e ressaltou a participação de todos. “Quero agradecer aos servidores e ao corpo docente”, afirmou. Menino ainda disse que gestões que vêm sendo realizadas para a autonomia da universidade. Antônio Ferreira Dutra, conhecido artisticamente como Tonico Dutra, músico sanfoneiro, intitulado o “rei do chamamé”, também foi homenageado, pela preservação da cultura sul-mato-grossense, por meio da música. “Toda minha vida me dediquei à música de Mato Grosso do Sul”, lembrou ele, com a alegria de ter alegrado várias gerações. Representando a Primeira Igreja Batista, o pastor João Luiz da Silva recebeu a moção de agradecimento à igreja por ser a primeira a se instalar no município e por manter diversos serviços em prol dos fiéis e da comunidade carente de Três Lagoas, através de obras sociais, recuperação de dependentes químicos e empenho na educação. O pastor relatou aos presentes alguns capítulos da história da congregação, destacando a presença do membro mais antigo da igreja e também da juventude. Educador físico há 18 anos e técnico de escolinhas de futebol de campo e salão, com diversas conquistas para o município, o professor Lelis Rocha foi outro homenageados. No entanto, ele destacou, em seu discurso de agradecimento a todos os que o ajudaram a trilhar o caminho, a formação das crianças. “Trabalho com o que existe de mais raro, que são os filhos de vocês”, frisou. Jane Ferreira e Silva Zuque, presidente da Vila Vicentina recebeu sua moção pelos importantes serviços sociais realizados em prol de famílias desamparadas, que recebem abrigo enquanto reconstroem suas vidas, há 50 anos. “O papel vicentino é a caridade”, sintetizou Jane. Acompanhadas das últimas misses de Três Lagoas, Gisella Neves Peron, relações públicas responsável pela promoção de eventos de destaque em Três Lagoas, como a Expo-Mulher e o Miss Três Lagoas, fez discurso bastante emocionado. Ela lembrou das dificuldades para realizar o evento, que a cada ano tem novos desafios. “Este é um momento muito especial na minha vida”, disse sobre a homenagem. Também afirmou que o concurso de miss mexe com a autoestima e com os sonhos de muitas moças e meninas, sendo fruto de muita dedicação e empenho, realizá-lo. A empresária Sayuri Baez, que não pode comparecer à solenidade, também foi indicada para receber moção de congratulação pelo trabalho cultural e desportivo realizado, há cerca de dois anos, com a difusão dos voos de paramotor, realizando, inclusive, um encontro nacional em Três Lagoas. A mesa de honra da sessão solene foi composta pelo propositor vereador Nilo Candido, pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, Luciano Dutra, o qual representou a prefeita Márcia Moura, o presidente do Conselho de Pastores, pastor Nilton Carvalho, pelo diretor da UFMS, José Antônio Menoni, pela miss Três Lagoas, Letícia Grillo, pela mis juvenil, Natália Nogueira, e pela miss teen, Camila. O cantor evangélico, Pedro Luiz
Veja Também
Comentários
Imagem da semanaSinted pede aulas remotas e vacinação dos profissionais da educaçãoTodas as imagens
EnqueteQuem vai ser o Campeão da Copa do Brasil?
Resultados
42,86%
Santos
21,43%
Grêmio
21,43%
São Paulo
14,29%
Fluminense
13min29max
AnaurilândiaSol com algumas nuvens. Não chove.
14min30max
Campo GrandeSol com algumas nuvens. Não chove.
11min28max
DouradosSol com algumas nuvens. Não chove.
14min29max
Três LagoasSol com algumas nuvens. Não chove.