+55 (67) 3546.2571
quarta, 14 de abril de 2021
quinta, 8 de novembro de 2012 - 09:17

Ex-sócio de Valério tem pena parcial de quase 26 anos de prisão

O publicitário Ramon Hollerbach já soma pena de quase 26 anos de prisão como resultado do julgamento da Ação Penal 470, o processo do mensalão, no Supremo Tribunal Federal (STF).

A punição chegou a esse patamar após os ministros fixarem a pena para o crime de lavagem de dinheiro.

A sessão de ontem (7) deveria ter sido retomada com a conclusão da pena para esse crime, mas os ministros Cármen Lúcia e Marco Aurélio Mello pediram para que essa etapa fosse deixada para a segunda parte da sessão.

Eles queriam conferir a degravação da última vez em que os ministros discutiram o assunto, porque na ocasião precisaram deixar o plenário mais cedo para participar de sessão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Após a coleta dos votos, o presidente Carlos Ayres Britto proclamou o resultado, com a maioria formada a favor do voto do relator da ação, Joaquim Barbosa.

Ele definiu pena de cinco anos e dez meses de reclusão e mais 166 dias-multa.

A atualização da pena parcial de Hollerbach foi para 25 anos,11 meses e 20 dias e multa de R$ 2,533 milhões.

Os ministros discutem, agora, a pena para o crime de evasão de divisas.

Confira placar das penas já fixadas para o réu Ramon Hollerbarch (publicitário):
Capítulo 2 – Formação de quadrilha
(1) formação de quadrilha: dois anos e três meses de reclusão

Capítulo 3 – Desvio de dinheiro público
(1) Câmara dos Deputados

(a) corrupção ativa (de João Paulo Cunha): dois anos e seis meses de reclusão + 100 dias-multa de dez salários mínimos cada (R$ 240 mil)

(b) peculato (contrato da SMP&B): três anos de reclusão + 180 dias-multa de dez salários mínimos cada (R$ 468 mil)

(2) Banco do Brasil

(a) corrupção ativa (de Henrique Pizzolato): dois anos e oito meses de reclusão + 180 dias-multa de dez salários mínimos cada (R$ 432 mil)

(b) peculato (bônus de volume e Fundo Visanet): três anos, dez meses e 20 dias + 190 dias-multa de dez salários mínimos cada (R$ 494 mil)

Capítulo 4 – Lavagem de dinheiro
(a) lavagem de dinheiro: cinco anos e dez meses de reclusão + 166 dias-multa de dez salários mínimos cada (R$ 431 mil)

Capítulo 6 – Corrupção de parlamentares
(a) corrupção ativa: cinco anos e dez meses de reclusão + 180 dias-multa de dez salários mínimos cada (R$ 468 mil).(Débora Zampier / Repórter da Agência Brasil)

Veja Também
Comentários
Imagem da semanaSinted pede aulas remotas e vacinação dos profissionais da educaçãoTodas as imagens
EnqueteQuem vai ser o Campeão da Copa do Brasil?
Resultados
42,86%
Santos
21,43%
Grêmio
21,43%
São Paulo
14,29%
Fluminense
22min32max
AnaurilândiaSol com algumas nuvens. Não chove.
19min33max
Campo GrandeSol com algumas nuvens. Não chove.
22min31max
DouradosSol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
23min32max
Três LagoasSol com algumas nuvens. Não chove.