+55 (67) 3546.2571
segunda, 25 de maio de 2020
bataguassu
bataguassu
quarta, 13 de maio de 2020 - 09:55

Ferida a tiros pelo ex na frente do filho de 11 anos passa por cirurgia na Santa Casa

A mulher sofreu ferimentos no abdômen e perna

Na manhã desta quarta-feira (13), a mulher de 28 anos ferida a tiros pelo ex-marido em Costa Rica, a 384 quilômetros de Campo Grande, passa por cirurgia na Santa Casa. Ela estava em casa quando o homem chegou ao local já atirando, na segunda-feira (11). A mãe da vítima, de 46 anos, foi assassinada pelo ex-genro, que se suicidou logo depois.

Segundo as informações da Santa Casa de Campo Grande, a paciente está no centro cirúrgico fazendo um procedimento pela ortopedia e segue estável. Ela sofreu fratura no fêmur por conta de um dos disparos e também um ferimento no abdômen. Na noite de terça-feira (12), ela já tinha passado por um procedimento pré-cirurgico.

A vítima chegou a ser levada ao hospital de Costa Rica após o crime, mas foi transferida para Campo Grande e deu entrada na Santa Casa ainda na madrugada de terça-feira. Ela permaneceu consciente e orientada na área vermelha.

Relembre o caso

O crime aconteceu na cidade de Costa Rica, que fica na região norte do Estado. O ex-marido da vítima chegou na casa perguntando ao ex-sogro se a família estava no local. O homem disse que sim e o autor do crime entrou na residência já atirando com a pistola.

Ele acabou atingindo a ex-sogra, a ex-mulher e depois atirou na própria cabeça. Foi o filho de 11 anos que correu até o quartel da Polícia Militar nas proximidades para pedir ajuda, depois de presenciar o crime ao lado de um irmão e outra criança que estava na residência.

Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Perícia foram até o local e constataram o óbito da mulher de 46 anos e do autor do crime. O delegado Cleverson Alves dos Santos, titular da delegacia de Costa Rica, confirmou que o autor do crime já havia sido preso no último dia 7 por ameaçar a ex-mulher com uma arma de fogo.

Ele ameaçou matar a vítima se ela saísse de casa. Naquele dia ele foi preso em flagrante, mas a arma não foi encontrada. Foi arbitrada fiança, que ele pagou no dia seguinte, sendo liberado. Na segunda-feira, ele ainda conversou com o advogado horas antes de cometer o crime, mas não teria demonstrado nervosismo ou mesmo intenção de que tentaria matar a ex-mulher.

O feminicídio, feminicídio na forma tentada e suicídio segue em investigação.



Fonte: Midiamax
Veja Também
Comentários
EnqueteQuem vai ser o Campeão da Copa do Brasil?
Resultados
42,86%
Santos
21,43%
Grêmio
21,43%
São Paulo
14,29%
Fluminense