+55 (67) 3546.2571
domingo, 31 de maio de 2020
bataguassu
santa rita02
quinta, 21 de maio de 2020 - 10:50

Filha de serial killer é indiciada por homicídio e ocultação de cadáver

A esposa de Cleber foi indiciada por ocultação de cadáver e ganhou liberdade no dia 9 deste mês

A filha do serial killer, Cleber de Souza Carvalho, acusado de matar com golpes de barra de ferro, o idoso José Leonel Ferreira dos Santos de 61 anos, na Vila Nasser, em Campo Grande, foi indiciada por homicídio e ocultação de cadáver. Ela continua presa desde o dia da descoberta do assassinato de José Leonel.

Já a mãe de Yasmim, Roselaine Gonçalves Carvalho esposa do pedreiro, foi indiciada por ocultação de cadáver. Ela ganhou a liberdade no dia 9 deste mês no plantão judiciário. Rosileine foi colocada em liberdade com uso de tornozeleira. O documento está sob sigilo.

Cleber foi preso na madrugada de sexta-feira (14) pelo Batalhão de Choque da Polícia Militar, depois matar cinco pessoas em Campo Grande. Ele estava foragido desde a descoberta do corpo do idoso José Leonel, que teve o corpo enterrado no quintal de sua casa, depois de ser assassinado com golpes de barra de ferro na cabeça por Cleber que teve a ajuda da filha.

Roselaine Tavares Gonçalves, de 40 anos, teria dito que o marido havia matado a vítima e a enterrado no quintal da casa depois que ela pediu para eles morarem em uma casa maior. A filha do casal, Yasmin Natasha Gonçalves Carvalho, de 19 anos, também foi presa por participação no crime.



Fonte: Midiamax
Veja Também
Comentários
EnqueteQuem vai ser o Campeão da Copa do Brasil?
Resultados
42,86%
Santos
21,43%
Grêmio
21,43%
São Paulo
14,29%
Fluminense