+55 (67) 3546.2571
sábado, 24 de julho de 2021
quarta, 27 de maio de 2015 - 10:35

Greve em escolas estaduais começa hoje com apoio de 65% da categoria

Começou nesta quarta-feira (27), a paralisação de professores e administrativos das escolas estaduais. Conforme o presidente da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), Roberto Botareli, a estimativa é de que mais de 17 mil profissionais tenham aderido ao movimento. SAIBA MAIS Por unanimidade, professores rejeitam contraproposta e mantêm greve Fetems nega 'influência petista', mas não faz referência a conquistas salariais em nota Professores lotam Câmara e atraem até ex-candidato petista Segundo as informações da Federação, a rede estadual de educação tem 20 mil professores e 6,2 mil administrativos. O salário inicial do magistério é de R$ 1.331 e a categoria pede reajuste de 10,98%, ou seja, R$ 1.917 para 20 horas aulas. Os demais servidores, que recebem em torno de R$ 805,00, esperam reajuste de 8,17% e a antecipação da data base para janeiro, a partir de 2016. “Estamos negociando desde 12 de janeiro, mas chegamos ao limite. Queremos o cumprimento da Lei 4.464 e também reajuste e antecipação da data base dos administrativos. O governo Estadual tem de ceder e abrir uma negociação em que a categoria se sinta contemplada. Não podemos aceitar a proposta anterior de que o piso chegue ao valor que queremos em oito anos. Estamos abertos para encontrar proposta que atenda reivindicação que os professores possa aceitar”, afirma. Quanto ao impacto provocado por conta da paralisação, Botareli diz que os alunos são os principais prejudicados, mas destaca que a paralisação é “o último recurso para conseguir a valorização da categoria”. "Ninguém gosta de fazer greve porque é prejudicial principalmente para os alunos e a sociedade como um todo, mas é um instrumento do trabalhador e a categoria chegou ao seu limite”, justifica. A categoria se reúne nesta manhã na sede da Fetems para discutir as ações realizadas durante a greve, que seguirá por tempo indeterminado. O Estado conta com 362 escolas, mas até o momento não é possível informar quantas estão fechadas por contas da paralisação.
Veja Também
Comentários
Imagem da semanaSinted pede aulas remotas e vacinação dos profissionais da educaçãoTodas as imagens
EnqueteQuem vai ser o Campeão da Copa do Brasil?
Resultados
42,86%
Santos
21,43%
Grêmio
21,43%
São Paulo
14,29%
Fluminense
15min31max
AnaurilândiaSol o dia todo sem nuvens no céu. Noite de tempo aberto ainda sem nuvens.
17min33max
Campo GrandeSol o dia todo sem nuvens no céu. Noite de tempo aberto ainda sem nuvens.
16min32max
DouradosSol com algumas nuvens. Não chove.
16min31max
Três LagoasSol o dia todo sem nuvens no céu. Noite de tempo aberto ainda sem nuvens.