+55 (67) 3546.2571
quinta, 13 de agosto de 2020
bataguassu
bataguassu
quarta, 15 de janeiro de 2020 - 09:55

Hilux, Corolla e Audi apreendidos de cigarreiros vão ser usados pela PF

Veículos vão para delegacia que atua contra crimes fazendários, como o contrabando de cigarros

A Justiça liberou para a PF (Polícia Federal) veículos apreendidos na operação Trunk, deflagrada em julho do ano passado contra esquema de cigarreiros. A Delefaz (Delegacia de Repressão a Crimes Fazendários) informou à 3ª Vara da Justiça Federal de Campo Grande que tem frota muito rodada, sendo alguns veículos com dez anos de uso, o que exige manutenção e gastos constantes.

Com a decisão, a PF fica autorizada a utilizar quatro veículos: Renault Kwid, caminhonete Toyota Hilux, Toyota Corolla e Audi A3. A Delefaz atua na repressão a crimes fazendários, como contrabando, descaminho, moedas falsas e contra a ordem tributária. Os veículos estavam recolhidos no pátio da Polícia Federal, em Campo Grande.

A Trunk cumpriu mandados na Capital, Dourados, Ponta Porã, Rio Brilhante, Embu-Guaçu (São Paulo) e São Bento (Paraíba). Na denúncia, o MPF (Ministério Público Federal) descreve a hierarquia da organização criminosa. 

Os setores eram chefia, núcleo operacional e de apoio logístico, núcleo financeiro, núcleo responsável pela corrupção de policiais, e núcleo de agentes policiais responsáveis pela facilitação do contrabando.

No período de julho de 2018 a março de 2019, foram aprendidos quatorze caminhões e dois carros de passeios, todos lotados de cigarro. Durante oito meses de investigação, o prejuízo ao erário público foi calculado em R$ 42 milhões. Num único flagrante, a carga foi avaliada em R$ 3 milhões.

 


Fonte: Campo Grande News
Veja Também
Comentários
EnqueteQuem vai ser o Campeão da Copa do Brasil?
Resultados
42,86%
Santos
21,43%
Grêmio
21,43%
São Paulo
14,29%
Fluminense