+55 (67) 3546.2571
sábado, 17 de abril de 2021
quarta, 7 de novembro de 2012 - 09:37

Indústria do MS mantém otimismo em setembro

A Sondagem Industrial, realizada em setembro pelo Radar Industrial da Fiems junto às empresas sul-mato-grossenses, destaca que a indústria estadual mantém o otimismo para os próximos seis meses com boas expectativas em relação à demanda por seus produtos, à compra de matérias-primas, às exportações de produtos industrializados e às contratações de empregados. A melhor marca dos indicadores dos industriais do Estado foi registrada na demanda pelos produtos industrializados, com índice de 59,4 pontos.

Logo em seguida aparecem as compras de matérias-primas, com índice de 57,3 pontos, as exportações de produtos industrializados, com 54,2 pontos de índice, e as contratações de empregados, com índice de 52 pontos. “Os quatro casos apresentaram indicadores acima dos 50 pontos, o que significa a ocorrência de expectativas positivas para os próximos seis meses deste ano em todo o setor industrial de Mato Grosso do Sul”, traz avaliação do Radar da Fiems.

Ainda conforme a Sondagem Industrial, em Mato Grosso do Sul, a atividade industrial segue em elevação, com o indicador relativo à produção sinalizando crescimento. Trata-se do 3º resultado consecutivo de expansão da atividade, fazendo com que todos os meses do terceiro trimestre apresentassem elevação, quando comparado com o mês imediatamente anterior. Com o resultado observado, o nível de utilização da capacidade instalada se aproximou do patamar tido como habitual para o período, segundo os respondentes, sendo que comportamento semelhante foi apurado quanto aos estoques, com o nível se situando ao redor do que foi planejado pelas indústrias sul-mato-grossenses.

ICEI

Além disso, o Índice de Confiança do Empresário Industrial em Mato Grosso do Sul (ICEI/MS) alcançou em outubro o equivalente 54,9 pontos. O destaque no Estado ficou por conta da manutenção da confiança dos empresários industriais em relação ao comportamento esperado para as economias brasileira, sul-mato-grossense e das condições de desempenho da própria empresa, que apresentaram índices equivalentes a 56,6, 57,4 e 59,2 pontos, respectivamente.

Em outubro, para 20% dos respondentes as condições atuais da economia brasileira melhoraram, enquanto, no caso da economia estadual, na mesma comparação, a melhora foi apontada por 12% dos participantes. Por fim, com relação à própria empresa, as condições atuais estão melhores para 25% dos respondentes, enquanto 52%, 68% e 54,2% disseram que não houve alteração nas atuais condições da economia brasileira, estadual e no desempenho da própria empresa, respectivamente.

Para os próximos seis meses, 44% dos respondentes mostram-se confiantes em relação à economia brasileira. Já no caso da economia estadual, na mesma comparação, os que disseram estar confiantes alcançou a marca de 36%. Com relação ao desempenho da própria empresa, considerando os próximos seis meses, 44% dos respondentes mostraram-se confiantes, enquanto 40%, 52% e 44% disseram que, no mesmo período, não deve haver alterações em relação à economia brasileira, estadual e no desempenho da própria empresa, respectivamente.

Veja Também
Comentários
Imagem da semanaSinted pede aulas remotas e vacinação dos profissionais da educaçãoTodas as imagens
EnqueteQuem vai ser o Campeão da Copa do Brasil?
Resultados
42,86%
Santos
21,43%
Grêmio
21,43%
São Paulo
14,29%
Fluminense
21min33max
AnaurilândiaSol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
20min31max
Campo GrandeSol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
20min32max
DouradosSol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
22min33max
Três LagoasSol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.