+55 (67) 3546.2571
sábado, 17 de novembro de 2018
bataguassu
sonora 1
sábado, 10 de novembro de 2018 - 09:25

Jovem que matou mulher com facada, diz que briga teria começado após beijo

Assassina teria até chamado a polícia para intervir na briga, antes de matar a vítima

A jovem, de 18 anos, presa por ter matado Ana Paula Ortiz Azevedo, de 31 anos, com uma facada no pescoço, nesta quinta-feira (08) em Anastácio – cidade a 135 quilômetros de Campo Grande-, contou a polícia que a briga que resultou na morte da mulher, teria começado após um beijo da vítima na agressora.

A versão contraria a informação inicial de que a confusão teria começado após a vítima ser ofendida pela moradora. Ao delegado Jackson Frederico, responsável pelas investigações, a jovem teria relatado que Ana Paula estava bebendo na casa de uma mulher identificada apenas como Francisca, moradora no Jardim Tarumã.

Até que em determinado momento a vítima teria, repentinamente, sentado no colo da mulher e dado um beijo nela, que não gostou. As duas discutiram e começaram a brigar no meio da rua.
A jovem presenciou o início da discussão e teria até acionado a polícia, mas conseguido separar as duas mulheres num primeiro momento.

Francisca voltou para dentro de sua residência, mas Ana Paula teria ido atrás e as duas voltaram a se agredir. Neste momento, a jovem pegou a faca da cozinha na casa de Francisca e golpeou Ana Paula, conforme o site O Pantaneiro. A vítima, ferida, caiu na rua e morreu. Logo em seguida a polícia chegou ao endereço e prendeu a mulher em flagrante.

O crime – Ana foi morta por volta das 9h20, supostamente, depois de ter pedido 50 reais para um conhecido para comprar bebidas alcoólicas, como ele se negou ela ficou com raiva resmungando pela rua, momento em que a vizinha a teria chamado de “drogada e bêbada”.

A vítima então entrou na varanda da mulher, que não foi identificada para agredi-la, momento em que a outra vizinha, a golpeou do lado esquerdo do pescoço com uma faca. Depois do golpe, a suspeita fugiu do local, mas foi pega pela polícia uma rua abaixo do local e encaminhada à delegacia do município.

O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado, mas Paulinha não resistiu e morreu antes de receber atendimento. Moradores contaram à polícia, que ela mora no bairro Aldeinha, mas que sempre está na região bebendo com os amigos.



Fonte: Campo Grande News
Veja Também
Comentários
Netshoes Temporário