+55 (67) 3546.2571
quarta, 28 de julho de 2021
sexta, 29 de maio de 2015 - 11:30

Médicos dizem que população foi beneficiada com paralisação

O presidente do Sinmed (Sindicato dos Médicos de Mato Grosso do Sul), Valdir Shigueiro Siroma, afirma que a população ganhou com a paralisação da categoria, que durou quase duas semanas em Campo Grande. SAIBA MAIS Justiça considera greve da Fetems ilegal e quer volta às aulas sob pena de multa Fim da greve: médicos aguardam apenas burocracia para voltarem aos postos Governo pretende entrar em acordo com professores, mas ainda não houve diálogo Nas negociações, os médicos aceitaram discutir a reposição salarial e a mudança da data-base a partir de agosto e em contrapartida, a Prefeitura se comprometeu em retomar o pagamento das gratificações e parcelar remunerações não pagas em seis vezes. O presidente do sindicato afirma que não houve avanço para a categoria. “Não obtivemos nenhum ganho, apenas recuperamos as gratificações que foram retiradas. Vamos aguardar até agosto para ver os nossos benefícios”, pontua. Siroma diz ainda que a população foi beneficiada com a paralisação de 12 dias. “Quem ganhou mesmo foi à população que durante a greve estivemos reunidos com o Conselho Municipal de Saúde e com o Ministério Público Estadual e vários problemas da saúde foram destacados e essa responsabilidade foi tirada das costas dos médicos. Já vínhamos brigando por investimento e escalas completas e isso não acontecia. Agora ficou o alerta aos órgãos responsáveis”, declara. Atualmente a média salarial de médicos que cumprem 20 horas semanais nos postos de saúde da Capital é de R$ 2.580, valor que dobra com as gratificações. O fim da greve foi anunciado nessa quinta-feira (28) e o sindicato aguarda a Procuradoria Geral do Município para seguir com procedimentos jurídicos para que a categoria retorne ao trabalho. “Ontem mandamos a petição para a Procuradoria e eles têm de mandar para o Fórum porque está sob ação judicial estamos aguardando a manifestação”, explica. No último dia 18 o TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) acatou o pedido feito pela Prefeitura de Campo Grande contra o Sinmed, que alegava ‘ilegalidade abusiva de greve’ e determinava ainda a volta imediata dos profissionais.
Veja Também
Comentários
Imagem da semanaSinted pede aulas remotas e vacinação dos profissionais da educaçãoTodas as imagens
EnqueteQuem vai ser o Campeão da Copa do Brasil?
Resultados
42,86%
Santos
21,43%
Grêmio
21,43%
São Paulo
14,29%
Fluminense
9min18max
AnaurilândiaSol com muitas nuvens durante o dia e períodos de céu nublado. Noite com poucas nuvens.
9min14max
Campo GrandeSol com muitas nuvens durante o dia e períodos de céu nublado. Noite com muitas nuvens.
6min17max
DouradosSol com algumas nuvens. Não chove.
10min18max
Três LagoasSol com muitas nuvens durante o dia e períodos de céu nublado. Noite com poucas nuvens.