+55 (67) 3546.2571
terça, 03 de agosto de 2021
terça, 30 de junho de 2015 - 14:45

MPE conversa com Prefeitura para tentar acordo com os professores

Cerca de 200 professores estiveram na sede do MPE (Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul) nesta terça-feira (30) para pedir duas representações contra a Prefeitura de Campo Grande, por crime de improbidade administrativa e de responsabilidade. SAIBA MAIS ACP pede na Justiça que a Prefeitura divulgue salários dos 16 mil servidores Professores reclamam de divulgação dos salários e ACP acusa lista de omitir e inflar Professores dão as costas após vereadora declarar “Câmara é a minha casa” Os docentes foram recebidos pelo procurador Paulo Cezar Passos, que anunciou tentar uma conversa com o prefeito Gilmar Olarte ainda nesta tarde, antes de impetrar qualquer ação para pedir o cumprimento da Lei 5.411. De acordo com o presidente da ACP (Sindicato Campo-grandense dos Profissionais de Educação) Geraldo Gonçalves, os professores esperam que desta reunião saia uma definição sobre o reajuste. “A Prefeitura é firme ao afirmar que só vai dar 8,5% de reajuste. E nós também somos, cobrando o que foi aprovado na Lei 5.411, e queremos os 13,01%”. Caso saia nova proposta da reunião, os professores devem se reunir em assembleia na ACP na quarta-feira (1º) e definir se a greve, que está no seu 37º dia, acabe ou não. Após o encontro no MPE, os professores seguiram em carreata para casa. A partir das 14h está prevista nova manifestação em frente à Prefeitura.
Veja Também
Comentários
Imagem da semanaSinted pede aulas remotas e vacinação dos profissionais da educaçãoTodas as imagens
EnqueteQuem vai ser o Campeão da Copa do Brasil?
Resultados
42,86%
Santos
21,43%
Grêmio
21,43%
São Paulo
14,29%
Fluminense
13min29max
AnaurilândiaSol com algumas nuvens. Não chove.
14min30max
Campo GrandeSol com algumas nuvens. Não chove.
11min28max
DouradosSol com algumas nuvens. Não chove.
14min29max
Três LagoasSol com algumas nuvens. Não chove.