+55 (67) 3546.2571
sexta, 29 de maio de 2020
bataguassu
bataguassu
segunda, 6 de janeiro de 2020 - 09:20

Mulher é presa pedindo carona com mala cheia de maconha na BR-262

Em depoimento, afirmou que foi contratada por um presidiário de Dourados para levar a droga até o interior de São Paulo

Uma mulher de 27 anos foi presa pedindo carona com uma mala carregada de maconha em um posto de combustível na BR-262, região do Parque Residencial Maria Aparecida Pedrossian, em Campo Grande. Para a polícia, ela afirmou ter sido contratada por um presidiário para levar a droga até Andradina (SP).

De acordo com o boletim de ocorrência, policiais militares foram avisados por um motorista, que passava pela BR-262, sobre uma mulher pedindo carona em um posto de combustível da rodovia “em atitude suspeita”.

Os policiais foram ao posto e lá encontraram Jéssica Souza Gomes. Ela estava com uma mala rosa nas mãos e ficou visivelmente nervosa ao ver a viatura. Os militares se aproximaram e pediram para que ela mostrasse o que havia na bagagem. Sem ter como fugir do flagrante, a jovem confessou carregar tabletes de maconha.

Aos militares ela detalhou que tentava pegar carona até Andradina, no interior de São Paulo. Confessou ainda que pegou a droga atrás Estabelecimento Penal Jair Ferreira de Carvalho, a Máxima de Campo Grande, com uma mulher desconhecida e que foi orientada a buscar o entorpecente por um presidiário de Dourados, conhecido como “Cowboy”.

Por telefone, o homem mandou que ela fosse a até a Máxima, pegasse a maconha e entregasse no interior de São Paulo. Pelo serviço receberia R$ 1,5 mil. Jéssica ainda relatou que já havia transportado droga em outras datas, e tinha o hábito de fazer a viagem de ônibus.

A droga apreendida pesou pouco mais de seis quilos. mulher foi presa em flagrante e levada para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro, onde o caso foi registrado como tráfico de drogas.

 


Fonte: Campo Grande News
Veja Também
Comentários
EnqueteQuem vai ser o Campeão da Copa do Brasil?
Resultados
42,86%
Santos
21,43%
Grêmio
21,43%
São Paulo
14,29%
Fluminense