+55 (67) 3546.2571
sábado, 31 de outubro de 2020
bataguassu
bataguassu
sexta, 18 de setembro de 2020 - 11:20

Nelsinho chama Ernesto Araújo para explicar visita de secretário americano à Roraima

Ministro deve se explicar durante sabatina de embaixadores na quinta
governo

Presidente da Comissão de Relações Exteriores no Senado, Nelson Trad Filho (PSD-MS) convidou o ministro das Relações Exteriores Ernesto Araújo para explicar aos senadores a visita do secretário de Estado americano, Mike Pompeo, a Roraima na semana passada. Araújo deve explicar ao Congresso o porquê de ter autorizado o episódio.

Pompeo visitou uma região de fronteira com a Venezuela na sexta-feira, 18, e partiu depois para outros países que fazem fronteira com o território venezuelano. O governo de Nicolás Maduro foi o grande tema do encontro, com críticas tanto de Araújo quanto de Pompeo à Venezuela.

Um dos defensores do adiamento das sabatinas foi o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que também criticou a vinda de Pompeo e o fato de ela ter ocorrido a menos de dois meses das eleições presidenciais nos EUA, em 3 de novembro.

A fala de Maia foi endossada no fim de semana por ex-embaixadores brasileiros, de governos de PT a PMDB e PSDB, que divulgaram carta conjunta criticando a visita de Pompeo. Os signatários escreveram que “repudiam” a visita do secretário americano dentro do contexto na qual ocorreu, levando a “utilização espúria do solo nacional por um país estrangeiro”.

Sabatina

As críticas à visita de Pompeo levaram alguns senadores a pedir que as sabatinas dos embaixadores fossem adiadas e que se priorizasse chamar o ministro das Relações Exteriores brasileiro para explicar o episódio.  confirmou nesta segunda-feira (21) que vai formalizar o convite à Araújo, para que ele se explique na sessão de quinta (24) no Senado.

A Comissão de Relações Exteriores (CRE) do Senado fará um mutirão para destravar as indicações de embaixadores, que dependem da análise do colegiado. Serão três reuniões, com votação presencial, para sabatinar e decidir sobre 32 indicações do presidente da República para missões diplomáticas no exterior. A CRE não se reúne desde março, quando começou a quarentena em razão da pandemia do novo coronavírus.

As reuniões serão semipresenciais, sendo permitida a participação remota dos senadores através de um aplicativo de videoconferência, para debate com os indicados e leitura de relatórios, conforme antecipou o presidente da CRE, senador  (PSD-MS). Os senadores poderão votar na sala 3 da Ala Alexandre Costa, no corredor das comissões ou em urnas eletrônicas instaladas na entrada próxima à Secretaria de Polícia Legislativa, perto do estacionamento subterrâneo, sem necessidade de o senador sair do carro, por sistema drive thru. As votações serão iniciadas logo após a abertura das reuniões, conforme a secretaria da CRE. As reuniões da CRE abrem a semana de votações presenciais. O Plenário também terá votações nesse modelo na terça-feira (22), às 16h, podendo deliberar sobre as indicações dos embaixadores.

Serão feitas 11 sabatinas pela manhã, mais 11 à tarde e 10 à noite. Na lista de diplomatas a serem sabatinados e votados há indicados para Argentina, Chile, Israel, Iraque, Irã, Angola, Senegal, Costa do Marfim, África do Sul, Irlanda, Países Baixos e outros. As indicações se acumularam no Senado porque exigem votação secreta conforme previsão constitucional. Embora o sistema de deliberação remota tenha permitido a votação de projetos nos últimos meses, não seria possível garantir o sigilo dos votos por esse sistema eletrônico em casos como o de indicações de autoridades.



Fonte: Midiamax
Veja Também
Comentários
anaurilandia
EnqueteQuem vai ser o Campeão da Copa do Brasil?
Resultados
42,86%
Santos
21,43%
Grêmio
21,43%
São Paulo
14,29%
Fluminense