+55 (67) 3546.2571
sábado, 17 de novembro de 2018
bataguassu
sonora 1
sexta, 14 de setembro de 2018 - 14:45

No último dia de vacinação, pais enfrentam chuva para levar filhos

Vacinas contra polio e sarampo são oferecidas nas 68 unidades básicas de saúde de Campo Grande. Campanha que começou no dia 18 de agosto termina nesta sexta-feira (19)

Esta sexta-feira (14) marca o último dia de campanha nacional de vacinação contra a poliomielite e o sarampo. Em Campo Grande as vacinas podem ser encontradas nas 68 unidades de saúde. Na manhã de hoje, chuvosa e com temperaturas mais baixas, pais e mães enfrentaram o mau tempo para levar as crianças aos postos.

Alexandre Figueiredo, 43, é policial rodoviário federal e acompanhava a esposa que carregava o filho de 2 anos e 6 meses no colo. O policial explicou que não levou o filho antes porque “estava corrido” e a criança estava doente.

“Estava bastante corrido e ele estava sarando da gripe, mas aproveitei o último dia de campanha. Todo processo de prevenção é mais importante do que investir nas consequências”, comentou.

Alexandre também comentou sobre o SUS (Sistema Único de Saúde). “É sempre bom ressaltar a importância do SUS. A gente só vê a importância quando precisa. Claro que precisa ser melhorado, mas a solução não é acabar como alguns dizem”, declarou.

O avô Idalmar Gironde, 52, levou a neta de 2 anos e 6 meses para tomar outro tipo de vacina, mas já aproveitou a oportunidade para que a criança recebe as doses contra a polio e o sarampo. “Ela fica bastante com a gente. A campanha é muito boa, a gente não vê mais crianças com paralisia”, comentou.

O vovô Idalmar Gironde acompanha a neta de 2 anos e 6 meses (Izabela Sanchez)O vovô Idalmar Gironde acompanha a neta de 2 anos e 6 meses (Izabela Sanchez)

Gisele Ribeiro, 37, segurava a filha no colo, que chorava desconsolada, com medo de tomar uma injeção. A mãe tentava acalmá-la, lembrando que a vacina é apenas uma gotinha, mas tudo que a criança queria era ir para a casa.

“Foi por conta da correria que não vim antes, lembrei do último dia e vim correndo. Ela está com medo mas já expliquei pra ela, mas como ela está com a vacina atrasada, acho que vai ter que tomar uma injeção”, relatou. “É extremamente importante para a segurança da criança e da comunidade”, afirmou sobre a campanha.

Campanha – A campanha de vacinação começou no dia 18 de agosto. Em Campo Grande, a cobertura vacinal, até agora, é de 86%. Conforme a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), cerca de 6 mil crianças ainda precisam das vacinas. A campanha acaba nesta sexta, mas durante o fim de semana as 4 CRSs (Centros Regionais de Saúde) estarão de plantão, entre as 6h e às 17h45, para oferecer as vacinas.

Em todo o país, mais de dez milhões de crianças de um a menores de cinco anos foram vacinadas com mais de 22 milhões de doses de pólio e sarampo. A cobertura da vacinação em sarampo está em 94,2% e da poliomielite, 94,3%.

Todas as crianças de 1 ano a 5 anos devem ser vacinadas, já que este ano a campanha é indiscriminada. Cerca de 800 mil crianças ainda não tomaram as vacinas contra as duas doenças.

 
 
 


Fonte: Campo Grande News
Veja Também
Comentários
Netshoes Temporário