+55 (67) 3546.2571
sexta, 07 de maio de 2021
quarta, 23 de maio de 2018 - 14:55

Operação Furacão testa sistema de vigilância que se arrasta há 6 anos

Exercícios do Exército na região de Laguna Carapã entram no terceiro dia, para avaliar eficácia e decidir sobre ampliação do Sisfron

Entrou no terceiro dia nesta quinta-feira (23) a Operação Furacão, desencadeada pelo Exército no dia 21 deste mês para validação do Sisfron (Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras). Os exercícios, envolvendo 500 militares e 145 viaturas, ocorrem na cidade e na zona rural de Laguna Carapã, entre os municípios de Caarapó, Amambai e Ponta Porã.

Lançado em 2012 e apresentado a centenas de embaixadores, adidos militares e comandantes de exércitos e polícias de vários países, o Sisfron está sendo desenvolvido em 1.300 km da fronteira com o Paraguai, entre Bela Vista e Mundo Novo, em Mato Grosso do Sul, mas os sucessivos cortes de recursos atrasaram a conclusão do projeto.

De acordo com a 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada do Exército, que fica em Dourados, a operação é para avaliação técnico-operacional do sistema de monitoramento.

As ações feitas desde segunda-feira incluíram reconhecimento de zona iniciando na BR-163 e posteriormente na MS-280, em direção ao distrito de Nova América (Caarapó) e à cidade de Laguna Carapã.

Entre as atividades, segundo o Exército, estão sendo feios testes de sincronização dos sistemas de comunicações táticas, testes de optrônicos, operações noturnas, além do emprego do radar no reconhecimento de zona.

Ontem ocorreu uma “operação de defesa externa”, com patrulhamento na cidade de Laguna Carapã. A cidade ficou “cercada” pelas tropas, com incidentes fictícios e postos de bloqueios.

Conforme o Exército, essa etapa da validação é necessária para verificar, além das ações e funcionalidade dos equipamentos, a posterior expansão do projeto-piloto às demais brigadas do Comando Militar do Oeste localizadas na faixa de fronteira.

Iniciado em 2012, o Sisfron está atrasado porque só 10% dos recursos previstos foram liberados até o ano passado. Mesmo assim, segundo o Exército, 60% do cronograma foi concluído e a estimativa é de o projeto ficar totalmente operacional até dezembro deste ano.



Fonte: Campo Grande News
Veja Também
Comentários
Imagem da semanaSinted pede aulas remotas e vacinação dos profissionais da educaçãoTodas as imagens
EnqueteQuem vai ser o Campeão da Copa do Brasil?
Resultados
42,86%
Santos
21,43%
Grêmio
21,43%
São Paulo
14,29%
Fluminense
15min27max
AnaurilândiaSol com muitas nuvens durante o dia e períodos de céu nublado. Noite com muitas nuvens.
14min19max
Campo GrandeSol com muitas nuvens durante o dia e períodos de céu nublado. Noite com muitas nuvens.
11min22max
DouradosDia de sol, com nevoeiro ao amanhecer. As nuvens aumentam no decorrer da tarde.
16min27max
Três LagoasSol com muitas nuvens durante o dia e períodos de céu nublado. Noite com muitas nuvens.