+55 (67) 3546.2571
quarta, 15 de agosto de 2018
camara brasilandia
bataguassu
quarta, 16 de maio de 2018 - 15:15

Pai e filho presos em operação contra tráfico são transferidos para Curitiba

No total, oito pessoas, sendo três doleiros, foram presas em sete Estados em operação desencadeada ontem pela Polícia Federal

Pedro Araújo Mendes Lima e o filho dele, Hamilton Brandão Lima, presos na manhã de ontem (15) em Mato Grosso do Sul durante a Operação Efeito Dominó, da Polícia Federal, foram levados as 3h30 desta quarta-feira, de avião, para Curitiba (PR). No total, oito pessoas, sendo três doleiros, foram presas em sete Estados.

Os dois são acusados de serem “laranjas” do narcotraficante Luiz Carlos Rocha, o “Cabeça Branca”, que está preso há dez meses após passar três décadas foragido da justiça brasileira. Segundo a PF, pai e filho fazem lavagem de dinheiro para Cabeça Branca através de lavouras soja e criação gado.

Pedro foi preso em uma casa em Dourados. Ele foi transferido de carro para a sede da PF em Campo Grande, onde Hamilton Lima já estava recolhido, após ser detido no condomínio Setvillage, na Vila Nasser, na Capital. Pedro teve a prisão temporária decretada e pode ficar de cinco a dez dias preso. Hamilton foi preso por força de mandado de prisão preventiva, sem prazo definido para soltura.

Conforme apurado pela reportagem, Pedro é proprietário de uma empresa de vendas de máquinas agrícolas, que tem como valor de capital R$ 80 mil, em Guarantã do Norte, no Mato Grosso. Já Hamilton responde a um processo em Mato Grosso.

Operação - A operação de ontem, segundo a Polícia Federal, é a terceira investida contra o mega esquema montado por Cabeça Branca, considerado um empresário do tráfico, que ao contrários da maioria dos criminosos desse meio não tem histórico de ser violento e mantém boa relação com as principais facções do país.



Fonte: Campo Grande News
Veja Também
Comentários
brasilandia
brasilandia rodape
Netshoes Temporário