+55 (67) 3546.2571
sexta, 25 de setembro de 2020
bataguassu
bataguassu
segunda, 16 de março de 2020 - 08:40

PM suspende cursos e até na rua trocará aperto de mão por continência - CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Contatos físicos estão proibidos, e polícia militar também chamou alunos do centro de formação para reforçar segurança - CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

O comando da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul divulgou novas regras diante da eminência de aumento do contágio do novo coronavírus no Estado. Com dois casos confirmados da doença causada pelo vírus, a PM suspendeu, a partir de agoraa, os cursos de formação e a ordem é cumprimentar o colega somente com continência.

A nota divulgada é assinada pelo comandante da corporação, coronel Waldir Ribeiro Acosta, além de outros coronéis da PM. Além de suspender os cursos de formação, a PM convocou alunos do Centro de Formação para reforçar o policiamento do Comando da PM e na grande Dourados, a 233 km de Campo Grande, em escalas que serão definidas pelo comando.

Os cursos ficam suspensos até ordem contrária, sem data definida. A PM também pediu, com máximo urgência, fornecimento de máscaras e luvas de proteção para equipar os policiais militares de serviço.

O aperto de mão e os contatos corporais, diz o comando, devem ser evitados. Os policiais também estão orientados a lavarem as mãos com água e sabão várias vezes ao dia e higienizar com álcool gel 70%.

Se surgirem sintomas – A PM orienta que, se os sintomas surgirem, entre o policial ou familiares, o comando deve ser avisado imediatamente sobre a suspeita e a pessoa, procurar atendimento médico para comprovar atestado que justifique os dias de repouso.

Os policiais também devem evitar ambientes de aglomeração pública, como shows, festas populares, manifestações, bares, exceto ambientes indispensáveis à rotina, como idas ao mercado, açougue, farmácia etc.

 

 

 - CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS



Fonte: Campo Grande News
Veja Também
Comentários
EnqueteQuem vai ser o Campeão da Copa do Brasil?
Resultados
42,86%
Santos
21,43%
Grêmio
21,43%
São Paulo
14,29%
Fluminense