+55 (67) 3546.2571
sexta, 13 de dezembro de 2019
bataguassu
agua clara
quinta, 25 de julho de 2019 - 16:30

Quadrilha “quebra vidraça” vai da Capital ao interior para arrombar lojas

No intervalo de duas horas, arrombadores praticaram três crimes em Dourados; arrombamentos foram gravados por câmeras

Uma quadrilha de ladrões viajou 233 km de Campo Grande até Dourados para praticar roubos e furtos na segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul. Na madrugada de terça-feira (23), os bandidos cometeram pelo menos três crimes, dois deles gravados por câmeras de segurança.

 

As imagens mostram os bandidos estourando a vidraça da loja de celulares e usando o carro para arrebentar a porta de um mercado e levar o cofre.

Jackson Jackes Estigarribia, 19, foi preso em flagrante, e a polícia procura pelo menos outros três membros da quadrilha. De acordo com o delegado Rodolfo Daltro, do SIG (Serviço de Investigações Gerais), o bando é suspeito de vários crimes em Campo Grande, incluindo furtos em farmácias e agências bancárias.

De acordo com o delegado responsável pelas investigações, os bandidos são especializados nesse tipo crime. Primeiro eles furtaram um Corsa branco que se estava estacionado em frente ao Hospital da Vida. Depois usaram o carro para arrombar a porta de um mercado localizado no residencial Harrison de Figueiredo, de onde levaram o cofre.

“Em seguida, os autores, com o cofre dentro do carro, dirigiram-se até uma loja de celulares no Jardim Flórida onde, utilizando-se de ferramentas de precisão, estouraram cadeados e portas e furtaram vários aparelhos celulares”, detalha o delegado.

Segundo Rodolfo Daltro, as investigações demonstraram que além de Jackson, outro homem e duas mulheres atuaram nos três furtos. “Em contato com forças policiais de Campo Grande, descobrimos que o Jackson e seus comparsas integram associação criminosa autora de muitos furtos e roubos na Capital. Após ação ter sido frustrada naquela cidade, resolveram atuar por um tempo em Dourados”.

Antes de praticar os crimes a quadrilha monitorava os locais. Jackson tinha se passado por cliente no mercado e na loja de venda de celulares. Com antecedentes por furto, roubo e tentativa de homicídio, Jackson foi preso pelo SIG e confessou os três crimes em Dourados.

Com ele a polícia encontrou celulares furtados da loja e dinheiro levado do mercado. Jackson disse ter ido ao mercado para comprar bebidas alcoólicas. O cofre exposto no estabelecimento chamou a atenção. Ele comentou a situação com os demais membros da quadrilha e decidiram arrombar o mercado.

Jackson Estigarribia foi autuado em flagrante por três furtos qualificados e associação criminosa. A quadrilha também é suspeita de ter arrombado uma farmácia em Dourados. A polícia pediu a prisão preventiva dele. Os outros envolvidos foram identificados e são procurados pela polícia.



Fonte: Campo Grande News
Veja Também
Comentários
EnqueteQuem vai ser o Campeão da Copa do Brasil?
Resultados
42,86%
Santos
21,43%
Grêmio
21,43%
São Paulo
14,29%
Fluminense