+55 (67) 3546.2571
domingo, 16 de maio de 2021
terça, 17 de julho de 2018 - 14:45

Rapaz preso por latrocínio confessa outra morte e livra irmão da vítima

Luiz Fernando de Araújo matou amigo usando uma tampa de bueiro após desentendimento; irmão da vítima tinha sido preso em flagrante suspeito do crime, no dia 2 deste mês

Luiz Fernando de Araújo, 19, conhecido como “Thiago”, preso ontem (16) por matar um idoso para roubar mantimentos e uma bicicleta, confessou outro crime em Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande.

 

Além do latrocínio, Luiz Fernando matou outro homem no dia 2 deste mês durante uma briga após consumirem bebida alcoólica. A confissão dele livra da cadeia o irmão da vítima, que tinha sido preso em flagrante acusado do crime.

 

O rapaz foi preso ontem pelo SIG (Serviço de Investigações Gerais), da Polícia Civil. De acordo com o delegado Rodolfo Daltro, inicialmente Luiz Fernando confessou ter matado, no dia 10 deste mês, o mecânico aposentado Vilmar Inácio Scheneider, 68.

Vilmar teve o crânio esfacelado por um pedaço de madeira usado como cabo de machado, encontrado sujo de sangue atrás do sofá da casa.

“As investigações demonstravam que o autor era um homem jovem, moreno e de baixa estatura. Nesta segunda o SIG identificou o indivíduo e ele confessou o crime”, afirmou o delegado Rodolfo Daltro.

Embora inicialmente tenha apresentado versão diferente, Luiz Fernando disse ter matado Vilmar para roubar mantimentos e uma bicicleta pertencentes à vítima, configurando o crime de latrocínio.

“Luiz Fernando, que possuía relação de amizade com a vítima, declarou que no momento em que o idoso estava de costas foi atingido por no mínimo quatro golpes na cabeça”, relatou o delegado.

Além do latrocínio, ele confessou o assassinato de Mesac de Araújo Martins, 51, no dia 2 deste mês. Luiz Fernando disse que os dois consumiam bebidas alcoólicas quando se desentenderam. Ele esmagou a cabeça do amigo usando uma tampa de bueiro.

Isaac de Araújo Martins, 47, irmão de Mesac, foi preso em flagrante pelo assassinato, mas ele não teve envolvimento no crime. Segundo o delegado, Isaac estava próximo ao corpo quando a polícia chegou e eles tinham brigado no dia anterior, o que levantou suspeitas de seu envolvimento.

Além disso, familiares dos irmãos que moravam juntos afirmaram que Isaac era usuário de drogas e já tinha roubado o irmão para comprar droga. No dia do crime o botijão de gás da casa não foi encontrado. Entretanto, a prisão de Luiz Fernando deixa claro que Isaac é inocente.

“Luiz Fernando não demonstrou arrependimento e sim extrema frieza ao ser interrogado. Em um intervalo de oito dias, matou duas pessoas e, em liberdade, continuaria a ceifar a vida de pessoas. Por isso pedimos a prisão preventiva dele, que foi deferida pelo juiz plantonista”, explicou Rodolfo Daltro.



Fonte: campo grande news
Veja Também
Comentários
Imagem da semanaSinted pede aulas remotas e vacinação dos profissionais da educaçãoTodas as imagens
EnqueteQuem vai ser o Campeão da Copa do Brasil?
Resultados
42,86%
Santos
21,43%
Grêmio
21,43%
São Paulo
14,29%
Fluminense
16min31max
AnaurilândiaSol com algumas nuvens. Não chove.
19min31max
Campo GrandeSol com algumas nuvens. Não chove.
16min28max
DouradosSol com algumas nuvens. Não chove.
17min31max
Três LagoasSol com algumas nuvens. Não chove.