+55 (67) 3546.2571
quarta, 18 de setembro de 2019
santa rita02
TRES LAGOAS
segunda, 20 de maio de 2019 - 13:35

Rotina diária, carro lotado de maconha é interceptado pela polícia na 463

Pelo menos 400 quilos da droga estavam em Gol com placa do Rio Grande do Sul; rondoniense de 39 anos foi preso

Um morador de Vilhena, em Rondônia, foi preso na manhã desta segunda-feira (20) em Ponta Porã, a 323 km de Campo Grande, conduzindo um carro lotado de maconha. A apreensão foi feita por policiais rodoviários federais no Posto Capey, na BR-463, a principal rota da droga produzida no Paraguai e enviada ao Brasil por Mato Grosso do Sul.

 

Fernando Fava, 39, conduzia o Gol vermelho com placa do Rio Grande do Sul quando foi parado no posto da PRF. A droga estava no porta-malas e sobre o banco traseiro do carro. A polícia chama esse tipo de tráfico de “cavalo doido”, pois os traficantes não fazem questão de esconder a droga e se aventuram nas estradas com fardos de maconha à mostra.

O motorista disse aos policiais que pegou o caro já com a droga em um posto de combustível em Ponta Porã para trazer até Dourados. Fernando contou que receberia R$ 1 mil pelo serviço, mas alegou não saber para quem entregaria a droga. Disse ainda não conhecer quem entregou o carro, já que teria sido contratado por telefone.

Carros – Poucos minutos antes da apreensão da maconha, os policiais do Posto Capey interceptaram um Voyage prata com queixa de roubo que seguia sentido a Ponta Porã. O condutor desse ser apenas “muambeiro” – pessoas que trazem produtos contrabandeados do Paraguai para vender no Brasil. Entretanto, os policiais perceberam que o carro estava preparado para transportar droga.

Na tarde de ontem, também no Capey, foi apreendido um utilitário Chevrolet Tracker. Quando o condutor foi parado no posto não havia denúncia sobre furto ou roubo do carro, mas os policiais desconfiaram da conversa do casal que estava no veículo e resolveram aguardar. Uma hora e meia depois apareceu o registro de roubo. O caso é investigado. (Colaborou Adilson Domingos)



Fonte: Campo Grande News
Veja Também
Comentários