+55 (67) 3546.2571
segunda, 02 de agosto de 2021
quarta, 17 de junho de 2015 - 14:50

Santa Casa inaugura primeira sala de apoio à amamentação no Estado

Para incentivar a amamentação e a doação de leite materno, a direção da Santa Casa de Campo Grande inaugurou nesta segunda-feira (15) a primeira sala de apoio à amamentação em Mato Grosso do Sul para as mães colaboradoras que trabalham na instituição. A sala de apoio à amamentação, que fica localizada no Centro de Educação Infantil Maria Aparecida Moraes DAvila, mais conhecida como a creche da Santa Casa, recebeu uma placa de certificação do Ministério da Saúde, que a reconhece como local que promove, protege e apoia o aleitamento materno para a mulher trabalhadora. A gerente técnica de alimentação e nutrição e aleitamento materno da SESAU, Hildice Chaves Alves Pereira, apoiou a iniciativa da instituição. "A criação do espaço mostra que os gestores do hospital estão preocupados com o bem-estar dessas mães e que valorizam e incentivam o aleitamento materno exclusivo até os seis meses de vida da criança", disse. A consultora técnica do Ministério da Saúde Renara Araújo esteve na inauguração para certificar a sala de amamentação da creche da Santa Casa. "O intuito é incentivar a mulher a continuar amamentando, mesmo retornando da licença-maternidade, e demonstrar que tem o apoio do empregador ao contar com um local com as condições higiênicas adequadas para que possa retirar o leite durante o horário de trabalho e para que após o expediente possa levar para o filho o leite que posteriormente será oferecido em casa", explicou. A produção do leite depende do esvaziamento da mama. Por isso, quanto mais a mulher amamenta ou as esvazia, mais leite irá produzir. Segundo o superintendente da Santa Casa Roberto Madid, o espaço irá trazer grandes benefícios às mães, pois agora elas terão um local adequado para amamentar seus filhos. "Além de incentivar o aleitamento materno, o espaço irá garantir que as mães doem o leite para outras crianças que estão internadas no hospital", ressaltou. "Eu amamento meu filho até hoje, e agora, com a sala de amamentação, quero alimentá-lo com meu leite até os dois anos de idade. Eu passo oito horas por dia longe do meu filho e a sala vai me ajudar a ter um maior vínculo com ele. Esse é um benefício que só eu posso oferecer", disse a auxiliar de escritório Elaine Fernandes dos Reis. A sala de amamentação é destinada às mães com crianças matriculadas na creche e colaboradoras do hospital que têm filhos no período de trabalho. A Santa Casa conta hoje com mais de 2.500 funcionários, sendo que cerca de 70% são mulheres. Em média, 120 funcionárias engravidam anualmente, dando entrada a pedido de licença-maternidade.
Veja Também
Comentários
Imagem da semanaSinted pede aulas remotas e vacinação dos profissionais da educaçãoTodas as imagens
EnqueteQuem vai ser o Campeão da Copa do Brasil?
Resultados
42,86%
Santos
21,43%
Grêmio
21,43%
São Paulo
14,29%
Fluminense
12min27max
AnaurilândiaDia de sol com algumas nuvens e névoa ao amanhecer. Noite com poucas nuvens.
14min29max
Campo GrandeSol com algumas nuvens. Não chove.
11min26max
DouradosDia de sol, com nevoeiro ao amanhecer. As nuvens aumentam no decorrer da tarde.
13min27max
Três LagoasDia de sol com algumas nuvens e névoa ao amanhecer. Noite com poucas nuvens.