+55 (67) 3546.2571
segunda, 26 de julho de 2021
quarta, 1 de julho de 2015 - 14:45

Senado aprova reajuste na tabela do Imposto de Renda

Os senadores aprovaram na noite de terça-feira (30) o Projeto de Lei de Conversão (PLV) que corrige os valores Mensais da tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF). A MP 670/2015 foi editada pelo Executivo como uma alternativa ao veto do projeto anterior que assegurava reajuste linear de 6,5% e prevê correção que varia de 4,5% a 6,5%, em vigar desde abril deste ano. De acordo com a Agência Senado, a pauta irá agora para a sanção presidencial. A MP aponta que os trabalhadores que ganham de R$ 1.903,99 a R$ 2.826,65 pagam 7,5% em IR, enquanto os que recebem de R$ 2.826,65 a R$ 3.751,05 pagam 15%. Já para as rendas entre R$ 3.751,06 até R$ 4.664,68 pagarão 22,5%. A faixa mais alta, com imposto de 27,5%, pega todos com salário maior do que R$ 4.664,68. Os que recebem menos de R$ 1.903,99 não recolhem Imposto de Renda. A medida também reajustou as deduções mensais e as da declaração anual do IRPF. Desde abril, a dedução mensal com dependentes passou para R$ 189,59 - era de R$ 179,71 no primeiro trimestre do ano. A dedução anual por dependentes, por sua vez, é agora de R$ 2.275,08. As despesas com educação também estão corrigidas. A dedução da declaração anual passou de R$ 3.375,83 para R$ 3.561,50 na declaração de 2016.
Veja Também
Comentários
Imagem da semanaSinted pede aulas remotas e vacinação dos profissionais da educaçãoTodas as imagens
EnqueteQuem vai ser o Campeão da Copa do Brasil?
Resultados
42,86%
Santos
21,43%
Grêmio
21,43%
São Paulo
14,29%
Fluminense
17min34max
AnaurilândiaSol com algumas nuvens. Não chove.
20min34max
Campo GrandeSol com algumas nuvens. Não chove.
17min34max
DouradosSol com algumas nuvens. Não chove.
18min34max
Três LagoasSol com algumas nuvens. Não chove.