+55 (67) 3546.2571
domingo, 26 de setembro de 2021
sexta, 13 de setembro de 2013 - 10:45

Síria atacou hospitais e nega atendimento médico como tática de guerra, diz ONU

Forças do governo sírio atacaram deliberadamente hospitais, atingiram hospitais de campanha com ataques aéreos e impediram feridos e doentes de receber atendimento médico, disseram investigadores de crimes de guerra nesta sexta-feira.

Em um relatório especial, os investigadores disseram que as forças do presidente Bashar al-Assad conduziram uma campanha por meio da utilização "da negação de atendimento médico como arma de guerra", especialmente contra pessoas que vivem em áreas controladas por rebeldes.

"Há também evidências de que alguns grupos antigoverno atacaram hospitais em certas áreas", disse o inquérito independente liderado pelo especialista brasileiro Paulo Sérgio Pinheiro.
Veja Também
Comentários
Imagem da semanaSinted pede aulas remotas e vacinação dos profissionais da educaçãoTodas as imagens
EnqueteQuem vai ser o Campeão da Copa do Brasil?
Resultados
42,86%
Santos
21,43%
Grêmio
21,43%
São Paulo
14,29%
Fluminense
20min35max
AnaurilândiaSol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
22min34max
Campo GrandeSol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
19min36max
DouradosSol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
21min35max
Três LagoasSol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.