+55 (67) 3546.2571
segunda, 02 de agosto de 2021
sábado, 4 de julho de 2015 - 11:25

Sobe para 59 o número de mortos em naufrágio nas Filipinas

O número de mortos no naufrágio de uma embarcação na região central das Filipinas, na ultima quinta-feira, subiu para 59 neste sábado (4), com 140 sobreviventes, enquanto foram apresentadas acusações contra os donos e a tripulação. Os últimos corpos foram retirados do mar entre a noite de ontem e a manhã de hoje, detalhou o capitão Pedro Tinampay, da Guarda Costeira das Filipinas, segundo a emissora de televisão GMA. SAIBA MAIS Ao menos 33 pessoas morrem em naufrágio de balsa nas Filipinas China confirma 396 mortes em naufrágio de cruzeiro China segue com resgate em naufrágio; há pouca chance de achar sobreviventes Por sua vez, a polícia de Ormoc, cidade portuária da província de Leyte e ponto de saída da embarcação, apresentou na sexta à noite acusações criminais contra os donos, o capitão e a tripulação, de acordo com a GMA. A Guarda Costeira ordenou a verificação de todas as informações sobre o ocorrido porque o último número de mortos e resgatados não coincide com as pessoas que o MV Kim Nirvana-B declarou que transportava antes de zarpar de Ormoc. A embarcação tinha capacidade para 178 passageiros e declarou à autoridade portuária que levava 173 a bordo. Em entrevista coletiva em Ormoc, o secretário de Transporte e Comunicações das Filipinas, Joseph Emilio Abaya, disse que, se houve alguma negligência, o responsável seria o capitão do MV Kim Nirvana-B. Vários sobreviventes afirmaram que a embarcação virou de forma repentina devido às fortes ondulações na região, por isso muitos dos passageiros não tiveram tempo de sair do barco antes que o mesmo afundasse e ficaram presos. Alguns dos passageiros resgatados também disseram que a embarcação transportava centenas de sacos de cimento e arroz. O presidente do país, Benigno Aquino, ordenou uma investigação imediata e exaustiva para apurar o ocorrido. O MV Kim Nirvana-B se dirigia para a ilha de Camotes, que fica a cerca de 40 quilômetros a sudoeste de Ormoc, quando se deparou com fortes ondulações e afundou a aproximadamente 100 metros de distância do porto de partida. Dezenas de pessoas morrem todos os anos em acidentes marítimos nas Filipinas, a maioria em naufrágios causados pelo mau tempo, pelo descumprimento das normas de segurança, pela manutenção deficiente dos equipamentos e por sobrecarga. O acidente mais grave na história moderna da navegação comercial aconteceu nas Filipinas em 1987, quando a embarcação Doña Paz naufragou após colidir com um navio petroleiro e 4.341 pessoas morreram.
Veja Também
Comentários
Imagem da semanaSinted pede aulas remotas e vacinação dos profissionais da educaçãoTodas as imagens
EnqueteQuem vai ser o Campeão da Copa do Brasil?
Resultados
42,86%
Santos
21,43%
Grêmio
21,43%
São Paulo
14,29%
Fluminense
12min27max
AnaurilândiaDia de sol com algumas nuvens e névoa ao amanhecer. Noite com poucas nuvens.
14min29max
Campo GrandeSol com algumas nuvens. Não chove.
11min26max
DouradosDia de sol, com nevoeiro ao amanhecer. As nuvens aumentam no decorrer da tarde.
13min27max
Três LagoasDia de sol com algumas nuvens e névoa ao amanhecer. Noite com poucas nuvens.