+55 (67) 3546.2571
terça, 03 de agosto de 2021
segunda, 1 de junho de 2015 - 17:35

Tomate é o vilão da cesta básica individual pelo segundo mês consecutivo em Campo Grande

Pelo segundo mês consecutivo o tomate foi o “vilão” da cesta básica alimentar individual da Capital. Com a variação de 45,98% no mês de abril, o fruto fechou maio com alta de 12,49%. O aumento também apareceu na cesta básica, com variação de 1,63% em relação à abril. De acordo com o boletim mensal emitido pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico (Semade), a alta deve-se a incidência de viroses nas principais regiões produtoras, as quais não permitem que o fruto desenvolva-se normalmente ocasionando baixa na oferta do produto. Além do tomate, dos 15 produtos pesquisados, outros cinco apresentaram alta: batata 8,62%; carne 5,23%; margarina 3,35%; sal 2,27% e óleo 0,33%. As quedas foram registradas na laranja 4,93%; no feijão 3,17%; na alface 2,23%; no arroz 1,14% e no açúcar 0,36%. E os que mantiveram seus preços foram: pão francês, macarrão, banana e leite. Comparando-se o custo da cesta básica alimentar com a renda mensal, infere-se que o trabalhador que recebeu um salário mínimo de R$ 788,00 comprometeu 44,98% do seu salário na aquisição da cesta alimentar e no mês anterior comprometeu a sua renda em 44,25%. Ou seja, em termos de horas trabalhadas, para adquirir a cesta o trabalhador precisou despender 98 horas e 57 minutos para uma jornada de 220 horas. Em abril o tempo necessário foi de 97 horas e 21 minutos.
Veja Também
Comentários
Imagem da semanaSinted pede aulas remotas e vacinação dos profissionais da educaçãoTodas as imagens
EnqueteQuem vai ser o Campeão da Copa do Brasil?
Resultados
42,86%
Santos
21,43%
Grêmio
21,43%
São Paulo
14,29%
Fluminense
13min28max
AnaurilândiaDia de sol, com nevoeiro ao amanhecer. As nuvens aumentam no decorrer da tarde.
13min30max
Campo GrandeSol com algumas nuvens. Não chove.
11min28max
DouradosSol com algumas nuvens. Não chove.
14min28max
Três LagoasDia de sol, com nevoeiro ao amanhecer. As nuvens aumentam no decorrer da tarde.