+55 (67) 3546.2571
segunda, 15 de outubro de 2018
Camapuã
camara brasilandia
quarta, 13 de junho de 2018 - 10:30

Traficante conhecido em MS pode parar no Netflix

Novo Narcos - Operação da Polícia Federal que levou à prisão o chefe do narcotráfico conhecido como Cabeça Branca pode ser roteiro de nova série do Netflix. Ele foi sócio de Jorge Rafaat em Mato Grosso do Sul, até que o comparsa foi executado em 2016 na fronteira.

No ar - O procurador de Justiça Sérgio Harfouche se filiou ao Partido Social Cristão (PSC) e parece animado para investir na carreira política, antes mesmo de liberada a campanha. Está apresentando programa sobre educação de NetTV, de segunda a sexta de manhã, e também no domingo. Para fortalecer a imagem, também espalhou outdoors por Campo Grande.

 

Frustrante - A suspensão do concurso público para Bombeiro e PM foi um balde de água fria em muita gente. Ontem, após a publicação da notícia em primeira mão pelo Campo Grande News, mais de 80 mil pessoas acessaram a publicação. Durante toda a tarde, muitos leitores também ligaram pedindo detalhes, até que o Governo do Estado anunciou que vai recorrer da decisão. 

Um lado - Depois da morte de idoso ao cair na lateral de ponte sobre o Rio Anhanduí, no Aero Rancho, somente um dos lados recebeu proteção de metal para evitar futuros acidentes. O risco continua no 50%.

Amigos? - Ao contrário do que se fala nos bastidores, o prefeito Marquinhos Trad (PSD) garante desconhecer eventual mágoa que o ex-prefeito Alcides Bernal (PP) tenha com ele. "Se ele quiser brigar comigo, não vai conseguir. O tenho como amigo", declarou Trad.

Palanque divino - Os dois podem acabar se encontrando no palanque do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), ainda que Marquinhos declare que só fecha alianças com Deus e não com homens.

Tabuleiro - O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) disse que vários partidos aliados tem bons nomes para indicar seu candidato a vice, mas que está definição vai ficar mais para frente quando for definida a coligação. 'Ainda vamos montar as peças deste tabuleiro', disse o tucano.

Direitos iguais - A partir deste mês, consumidores inadimplentes passam a pagar a mesma taxa de juros dos que pagam em dia o cartão de crédito. Não existe mais a modalidade de rotativo para “não regular”, com taxa de juros mais cara que a cobrada dos clientes regulares.

Pesquisa - O rotativo do cartão de crédito hoje é mais utilizado por consumidores desempregados, confirma o Relatório de Economia Bancária, divulgado pelo Banco Central. São pessoas que perderam emprego formal recentemente. Também estão no topo do ranking os beneficiários de programas sociais.

16 anos depois - O BNDES criou o Projeto Franquias, que vai ampliar o acesso do Cartão BNDES para o mercado de franquias no país. O cartão foi criado há 16 anos para apoiar as micro, pequenas e médias empresas, mas a penetração no setor de franquias é de apenas 15%.



Fonte: Campo Grande News
Veja Também
Comentários
Netshoes Temporário
brasilandia rodape