+55 (67) 3546.2571
terça, 21 de maio de 2019
santa rita02
bataguassu
terça, 12 de março de 2019 - 13:40

Tromba d’água de 200 mm provoca estragos em cidade do sul de MS

Chuva intensa fez transbordar o Córrego Canhadão, em Itaporã; casas foram alagadas e prefeitura atende moradores; rodovia entre Dourados e Itaporã continua interditada

Uma tromba d’água com até 200 milímetros de precipitação atingiu o município de Itaporã nesta terça-feira (12). A chuva começou durante a madrugada e até 8h já tinha acumulado 160 milímetros, segundo informação de uma empresa agrícola da cidade localizada a 227 km de Campo Grande e a 20 km de Dourados.

 

 

A chuva forte provocou o transbordamento do Córrego Canhadão. A água invadiu um trecho da MS-156, que liga Itaporã a Dourados. Pessoas que passavam pelo local se impressionaram com o volume de água na estrada.

Casas do bairro Cohab, na saída de Itaporã para o distrito de Montese, também foram alagadas com o transbordamento do córrego. Uma oficina mecânica ficou embaixo d’água, como mostra o vídeo abaixo.

Em agenda na Capital, o prefeito de Itaporã Marcos Pacco (PSDB) mandou mensagem aos moradores pedindo para evitarem sair da cidade hoje. Segundo ele, várias regiões do município estão alagadas e pontes podem ter sido comprometidas pela chuva.

De acordo com a assessoria de imprensa da prefeitura, o grande volume de água provocou alagamentos em diferentes pontos da cidade e também na zona rural. Em poucas horas, o volume de chuva superou o estimado para o primeiro trimestre do ano.

Segundo a prefeitura, o fenômeno meteorológico atípico provocou alagamentos até mesmo em pontos considerados mais altos, onde a há muito tempo não se via tanta água. A PMR (Polícia Militar Rodoviária) informou que o trecho da MS-156 no sentido Dourados-Itaporã continua interditado.

Marcos Pacco informou que equipes da prefeitura percorrem os bairros para atender famílias atingidas pela chuva. Apesar do grande volume de água, até agora o número de famílias desalojadas não passa de meia dúzia, segundo pessoas que estão acompanhando o trabalho.

O prefeito disse que já foi informado que alguns tanques de criação de peixes também foram inundados. Itaporã é conhecida como a “Cidade do Peixe” devido ao grande número de produtores de pescado em cativeiro.

 


Fonte: Campo Grande News
Veja Também
Comentários
Netshoes Temporário