+55 (67) 3546.2571
sexta, 17 de setembro de 2021
sexta, 20 de setembro de 2013 - 17:40

Governo do Estado cumpre diretriz de dar mais segurança ao cidadão sul-mato-grossense com entrega de

O Governo do Estado entregou na tarde desta quinta-feira (19) veículos e equipamentos para corporações que integram a segurança pública no Estado: Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Polícia Comunitária e Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen). Os bens foram adquiridos com recursos próprios do Estado e por convênios com órgãos federais, no total de R$ 2,9 milhões, que além da Capital, irão beneficiar os municípios de Corumbá, Cassilândia, Dourados, Dois Irmãos do Buriti, Naviraí, Paranaíba e Três Lagoas.

De acordo com o governador André Puccinelli, esta é a segunda fase de um processo, e na terceira será realizada a entrega total das viaturas por todo o Estado. “Além da infraestrutura também nos preocupamos com os recursos humanos e estamos realizando vários concursos. Além disso, há a capacitação para que as pessoas atendam bem a população”, afirmou. E, ainda, sob o ponto de vista do governador, alcançar uma condição de total tranquilidade é um desafio. “Num mundo moderno como esse e com os princípios sendo violados a todo momento fica difícil, mas procuramos dar tranquilidade através da quantidade de recursos humanos, qualificação e instrumentalização. E assim modernizamos profissionais que, modernizados, fazem frente à criminalidade e consequentemente cumprimos nosso compromisso”, enfatizou.
Para o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini, os novos equipamentos vêm para melhorar o desempenho das instituições, que têm reduzido os índices de criminalidade no Estado, especialmente na Capital. “Já reduzimos os homicídios em 8%, os roubos contra patrimônio em 20%, nas 79 cidades, mas especialmente na Capital. Essas reduções ano após ano levaram Campo Grande a saltar da 15ª posição para a 3ª capital mais segura do Brasil. Isso é resultado de uma pesquisa realizada pelo Instituto Sangari, que faz os estudos de segurança pública a nível nacional”, contou.
As ações de reaparelhamento da segurança pública têm dado mais condições de trabalho para a Polícia Militar de MS, a Polícia Civil - incluindo a Perícia, entre outros componentes do sistema. Apenas com o Projeto de Estratégia Nacional de Segurança Pública nas Fronteiras (Enafron), 31 municípios da fronteira serão contemplados. “Outros projetos contemplam os 79 municípios também, mas o principal é a capacitação. Ao todo já foram 1.800 cursos, modernização nas gestões e é esse somatório que cumpre a nossa obrigação com a segurança em Mato Grosso do Sul”, avaliou Jacini. 

André conhece o funcionamento de um novo veículo tipo Auto Produtos Perigosos
Para o Corpo de Bombeiros foram destinadas duas viaturas de combate a incêndio do modelo ABT (Auto Bomba Tanque), num total de R$ 970 mil, oriundo de fonte própria do Estado. E ainda um veículo auto produtos perigosos (APP), equipado com roupas especiais, detectores isoladores, vedantes e medidores de produtos químicos, o qual foi adquirido pela reversão de uma multa dada a um frigorifico no Estado pelo Ministério do Trabalho, no valor de R$ 300 mil. De acordo com o titular da instituição, Coronel Ociel Elias, o Governo do Estado fez a aquisição de 40 novos veículos. “Já recebemos viaturas de resgate para a Capital e interior, estamos prestes a receber os ABT’s, hoje foram apenas dois, mas dentro de 30 dias virão mais quatro. E ainda viaturas de auto salvamento, daqui uns 40 dias, e mais motos”, contou.
A Polícia Civil através de um convênio via Sejusp e o Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (Sinesp) recebeu 330 computadores, com investimento de R$ 780.270,20 reais. Já a Polícia Comunitária foi contemplada com oito motos adaptadas com rádios transceptores, sendo quatro destinadas para atender a Capital, duas para Paranaíba e duas para Cassilândia.
Para a Agepen foram sete veículos-cela que irão reforçar a segurança no transporte de reeducandos nos presídios de Naviraí, Três Lagoas, Corumbá, Dourados, Dois Irmãos do Buriti e na Capital, contabilizados em R$ 745.500,00.
Segundo o líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado Júnior Mochi, a ideia é que as ações possam continuar para além de 2014. “Para que o cidadão possa sempre se sentir protegido pelo Estado”, resumiu.
Veja Também
Comentários
Imagem da semanaSinted pede aulas remotas e vacinação dos profissionais da educaçãoTodas as imagens
EnqueteQuem vai ser o Campeão da Copa do Brasil?
Resultados
42,86%
Santos
21,43%
Grêmio
21,43%
São Paulo
14,29%
Fluminense
19min38max
AnaurilândiaSol com algumas nuvens. Não chove.
22min35max
Campo GrandeSol com algumas nuvens. Não chove.
20min36max
DouradosDia de sol com algumas nuvens e névoa ao amanhecer. Noite com poucas nuvens.
20min38max
Três LagoasSol com algumas nuvens. Não chove.