(67) 99869-0605
sexta, 19 de julho de 2024
quarta, 27 de maio de 2015 - 13:35

Na guerra aos folgados das vagas especiais, Agetran vai multar dentro dos mercados

Com a assinatura do convênio feito entre a Amas (Associação Sul-Mato-Grossense de Supermercados),e Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), na manhã desta quarta-feira (27), consumidores que estacionarem em vagas destinadas a portadores de necessidades especiais e idosos em supermercados, sem cartão de identificação poderão ser multados. Os estabelecimentos terão um mês para adequação quanto ao número de vagas destinadas nos estacionamentos. De acordo com a assessoria de comunicação da associação dos supermercados, os estabelecimentos distribuirão folhetos informativos sobre multas aplicadas para quem ocupar vagas especiais sem ter licença. SAIBA MAIS Detran-MS lista relação de multas de trânsito; condutores têm 15 dias para recorrer Alerta para quem ‘fura o sinal amarelo’ toma conta das ruas de Campo Grande Com blitz educativa, Agetran inicia trabalhos do Maio Amarelo em Campo Grande Segundo a assessoria de comunicação da Agetran depois do prazo estipulado o agente fiscalizador poderá aplicar as multas dentro dos estacionamentos. O supermercadista terá de aplicar o projeto aprovado pela agência nos estacionamentos, que prevê 2% das vagas para deficientes e 5% para idosos. E para quem desrespeitar a lei, a multa a ser aplicada é de R$ 53,20 e 3 pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação). O convênio é uma ação feita em conjunto com a Promotoria de Justiça de Direitos Humanos de Campo Grande, Agetran, e Amas, resultado da campanha “Essa vaga é muito especial”, realizada em setembro de 2014 pela Promotoria de Justiça e Direitos Humanos da Capital.
Veja Também
Comentários