(67) 99869-0605
sexta, 19 de julho de 2024
Cotidiano | quarta, 3 de fevereiro de 2016 - 08:40

Vendaval e chuva causam pânico e mãe precisa se abrigar embaixo da cama

Chuva derrubou postes e destelhou várias casas

Moradores do Bairro Nova Campo Grande, região oeste de Campo Grande, viveram momentos de tensão na tarde desta terça-feira (2) durante a chuva que durou aproximadamente 25 minutos.  O vendaval que atingiu o bairro deixou rastros de destruição e muitos prejuízos.

Assustada com o que a força do vento provocou a dona de casa Cleiciane Amorim de Oliveira, de 29 anos, temeu pela vida dos filhos no momento que viu uma arvora caindo em cima de sua casa. Ela estava na sala da residência com o esposo e os filhos de 5, 8, 9, 12 anos e os gêmeos de 1 ano quando a árvore caiu.

“Eu levei um susto na hora. Meu marido pegou um dos gêmeos no colo e eu tentei proteger o outro neném. Meu filho mais velho foi pra perto da porta e tive que colocar os outros dois debaixo da cama”, conta.  Um galho da árvore ainda caiu em cima do marido de Cleiciane, o ajudante de pedreiro Mario Cesar Rodrigues Muniz, de 26 anos, provocando um corte em suas costas. O filho de 12 anos do casal também apresentava arranhões nas costas.

Com o semblante abatido e ainda assustado o catador de materiais recicláveis Eduardo Cesar Cardoso, de 36 anos, conta que a chuva durou aproximadamente 25 minutos, tempo necessário para arrancar árvores pela raiz, destelhar casas e até derrubar vários postes de alta tensão.

O catador conta que estava dentro de sua residência com a esposa e os filhos três filhos pequenos de 7, 11 e 13 anos quando a chuva começou e dentro de instantes o vento começou a levar tudo. Há poucos metros dali o catador diz que uma  mulher de aproximadamente 35 anos precisou ser levada ao hospital depois de uma viga de madeira cair sobre sua cabeça. “O vento levou todas as telhas e a viga caiu em cima dela em seguida”, explica.

Uma equipe da Defesa Civil esteve no local distribuindo lonas para os moradores e analisando a estrutura das residências. Uma delas apresentava várias rachaduras e segundo um dos técnicos teve a estrutura abalada.



Fonte: midiamax
Comentários