(67) 99869-0605
sexta, 24 de maio de 2024
quinta, 5 de setembro de 2013 - 10:35

Mano Menezes deixa escapar que Maracanã deverá ser a casa do Flamengo

Durante entrevista na noite de quarta-feira após o triunfo por 2 a 1 sobre o Vitória, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro, o técnico do Flamengo, Mano Menezes, falou sobre o rubro-negro ter o Estádio do Maracanã como sua casa, pelo menos até o fim desta temporada. Ao ser perguntado sobre a diferença de disputar a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro, Mano afirmou que o time irá fazer valer o mando de campo dentro do Maracanã e que o Mané Garrincha, em Brasília, não é a casa do Flamengo.

“Duas situações diferentes. Uma de pontos corridos e outra de torneio. Pontos corridos exige regularidade. Para você figurar entre os primeiros é preciso ser regular ao longo da competição. Nós, em função das dificuldades que tivemos, de não poder jogar no Maracanã, de jogar em Brasília, não conseguimos fazer valer o fator mando de campo, o jogar em casa", analisou.

"Se nós olharmos algumas equipes que estão bem colocadas no campeonato, podemos ver que elas estão fazendo valer isso. Então vamos começar a fazer valer isso a partir de agora e vai ser muito importante para nós”, disse Mano, que completou afirmando que a instituição Flamengo entendeu a necessidade de jogar próxima da sua torcida.

“O Flamengo sabe disso como instituição, entendeu isso e nós certamente vamos agradecer muito. O torcedor também, porque vamos jogar mais vezes aqui e fazer valer essa condição. É diferente jogar aqui. E a partir de agora temos essa nova realidade. Mas é óbvio que temos que pontuar fora de casa, conquistar uma vitória contra um grande fora também é importante", disse.

"É isso que a gente procura, não tenham dúvidas que estamos procurando isso. Não estamos conseguindo fazer, porque ainda não estamos fazendo bem aquilo que podemos fazer. Se vamos conseguir fazer ou não é outra história. Mas estamos trabalhando para conseguir”, concluiu o técnico. Ao ser indagado diretamente sobre a questão, Mano foi mais evasivo e brincou falando que a ideia agradava a todos.

“A diretoria do Flamengo é bastante inteligente, capaz para entender a importância e o momento de cada coisa. Então tem grande chance de estarmos aqui mais vezes, principalmente no segundo turno. Acho que isso vai ser muito importante para a equipe, para os torcedores, para a gente e para todo mundo. Essa é a legitima decisão que agrada gregos, troianos, outros e indecisos”, falou Mano ao risos. O imbróglio entre o Complexo Maracanã Entretenimento S.A. e o clube da Gávea vem se arrastando desde o fim da Copa das Confederações. No início dessa semana o governador Sérgio Cabral Filho se reuniu com os presidentes dos clubes cariocas e a concessionária e ouviu principalmente as reclamações do time rubro-negro.

O novo acordo proposto pelo Flamengo para a concessionária é semelhante ao do Fluminense para a utilização do estádio. A principal diferença é no tempo de duração do contrato: para o clube das Laranjeiras, o acordo firmado é de 35 anos, e para o clube da Gávea, será apenas para essa temporada.

Veja Também
Comentários