(67) 99869-0605
quinta, 18 de abril de 2024
sexta, 27 de abril de 2018 - 09:15

Aos 22 anos, Moisés partiu no dia em que celebrava conquista de vaga

O jovem trabalhava em um supermercado, há apenas três meses.

O fim de noite que seria de alegria, terminou de forma trágica para Moisés Luis da Silva Oliveira, de 22 anos, morto ontem (25) ao ser atingido por um veículo Up, no cruzamento entre a Avenida Ceará com a Euclides da Cunha, no bairro Santa Fé em Campo Grande.

Antes do acidente, o jovem e mais três colegas haviam acabado de sair do supermercado Carrefour, onde ele trabalhava há três meses, completados na terça-feira (24).

“Ele estava feliz. Só queria comemorar por ter passado pelo período de experiência”, comentou a colega de trabalho. O velório está marcado para à partir das 21h, na Pax Pró-Vida, da Avenida Bandeirantes.

O acidente – Moisés e um colega atravessavam a avenida para ir comprar cigarro em uma conveniência pelo cruzamento. O amigo atravessou a tempo mas Moisés, acabou atingido pelo veículo Volkswagen Up branco. O semáforo estava aberto para o automóvel e, com a força do impacto, o jovem foi lançado a 55 metros.

O condutor do veículo Alderson Fante da Silva, 33 anos, fugiu sem prestar socorro, mas foi encontrado e preso em flagrante em sua casa, no Bairro Carandá Bosque. “Ele apresentava sinais evidentes de embriaguez. Tanto que se recusou a fazer o teste do bafômetro”, explicou o delegado Enilton Zalla, plantonista da Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário do Centro, que atendeu a ocorrência.

Alderson, que permanece preso na delegacia, foi autuado por homicídio culposo qualificado pela embriaguez, pela omissão de socorro e por ter atropelado vítima na faixa de pedestre. O carro que ele dirigia será periciado para saber se trafegava em alta velocidade.

 
 
 


Fonte: Campo Grande News
Veja Também
Comentários