(67) 99869-0605
sábado, 02 de março de 2024
quarta, 31 de outubro de 2012 - 08:35

Bens da Cássia Eller podem gerar um novo processo

Cássia Eller, falecida em dezembro de 2001, deixou um filho, Chicão Francisco Ribeiro Eller, que ela teve com o baixista Tavinho Fialho.

Depois da sua morte, a antiga companheira de Cássia, Maria Eugênia, e o pai da cantora, Altair Martins Eller, oficial do Exército, passaram a disputar a guarda da criança na Justiça, assunto bastante comentado no início da década passada.

E se decidiu, na oportunidade, pela guarda provisória compartilhada. A criança ficaria no Rio com Maria Eugênia, mas poderia visitar o avô, em Fortaleza, em datas acertadas. E assim foi.

Acontece que o Chicão atingiu em 2012 a sua maioridade. Durante os últimos 11 anos, Maria Eugênia também ficou responsável por tudo que diz respeito ao patrimônio da Cássia, como royalties por direitos autorais, vendas de disco etc. A Justiça, diante deste quadro e considerando que o Chicão agora tem total capacidade de exercer seus direitos, decidiu que a antiga companheira de Cássia terá que prestar contas da administração desses bens em 30 dias, sob pena de desobediência.

Veja Também
Comentários