(67) 99869-0605
sexta, 24 de maio de 2024
quarta, 11 de setembro de 2013 - 15:05

Governo chinês quer acabar com lições de casa para estudantes

Na China, o ministério da Educação está tentando reduzir a lição de casa dos estudantes. O objetivo seria reduzir a pressão sobre os jovens, segundo reportagem da revista inglesa "The Economist".

A proposta apresentada em 22 de agosto prevê a proibição de lições de casa por escrito para todas as crianças abaixo de 12 anos e a retirada de provas para alunos de até nove anos. O texto ainda prevê que as escolas de ensino fundamental aumentem o número de atividades extra-classe, como visitas a museus e trabalhos manuais.

Por conta da intensa competição por vagas nas universidades e no mercado de trabalho, os estudantes chineses gastam horas com lição de casa todos os dias. A pressão sobre as crianças é fonte de constantes reclamações dos pais, segundo a reportagem da "The Economist". No entanto, os próprios pais têm sido contrários à redução das tarefas por temerem que os filhos percam chances de entrar na universidade.

A proposta tem sido alvo de diversas críticas nas redes sociais. O verdadeiro problema, segundo os críticos, seria o exigente sistema de seleção para as universidades, que aceitaria apenas os alunos com as melhores pontuações no exame nacional.

Veja Também
Comentários