(67) 99869-0605
sexta, 24 de maio de 2024
quinta, 5 de setembro de 2013 - 16:15

Homem ateia fogo em si mesmo em frente ao Palácio das Nações em Genebra

Um homem desconhecido ateou fogo em seu próprio corpo em frente ao Palácio das Nações em Genebra, nesta quinta-feira, deixando como pistas apenas um retrato de um militar e documentos sobre casos de imolação no Tibete.

A polícia foi chamada às 1h00 da madrugada ao edifício que abriga a Organização das Nações Unidas. O homem foi encontrado deitado de costas com grande parte do corpo queimado.

Ao seu lado havia uma garrafa com gasolina, informou a polícia em um comunicado.

Nas proximidades, as autoridades também encontraram o retrato de um militar com o símbolo dos Tigres de Liberação do Tâmil, os rebeldes separatistas do Sri Lanka, e documentos sobre imolações no Tibete, onde foram registrados vários casos de monges recorrendo a este ato de desespero.

"São pistas totalmente diferentes. Mas, por enquanto, são os únicos elementos que dispomos", indicou o porta-voz da polícia.

A vítima foi imediatamente conduzida ao hospital de emergência de Genebra, e depois de helicóptero ao centro especializado em queimaduras de Lausanne, mas não resistiu aos ferimentos e morreu nesta tarde. O homem ainda não foi identificado.

Em fevereiro de 2009, um tâmil de 26 anos, estudante em Londres, imolou-se quase sem testemunhas em frente à sede da ONU para denunciar o sofrimento da minoria tâmil no Sri Lanka, país de maioria cingalesa.

Veja Também
Comentários