(67) 99869-0605
sexta, 24 de maio de 2024
terça, 10 de setembro de 2013 - 16:15

Proposta russa sobre Síria não impedirá derramamento de sangue

As seis monarquias petroleiras do Golfo consideraram nesta terça-feira que a proposta russa de colocar o arsenal químico sírio sob controle internacional "não impedirá o derramamento de sangue" do conflito sírio, ao fim de uma reunião de seus ministros das Relações Exteriores.

A proposta russa "não impedirá o derramamento de sangue na Síria", declarou o ministro das Relações Exteriores do Bahrein, xeque Khaled al-Khalifa, em uma coletiva de imprensa após a reunião em Jidá, na Arábia Saudita.

"A questão não diz respeito a apenas um tipo de arma. O derramamento de sangue prosseguiu por dois anos e exigimos que ele pare. Estamos cansados da demora e adiamentos", afirmou o ministro do Bahrein, cujo país está na presidência do Conselho de Cooperação do Golfo (GCC).

Veja Também
Comentários