(67) 99869-0605
terça, 23 de abril de 2024
quarta, 25 de abril de 2018 - 16:30

Terapeuta é suspeito de abusar de paciente durante massagem

Com a vítima de bruços, quiroprático chegou a dizer que havia ganhado o dia após ver nádegas da paciente

Uma mulher de 32 anos procurou a Casa da Mulher Brasileira depois de ser abusada por um terapeuta quiroprático, que atende no Bairro Monte Castelo, em Campo Grande. Com forte dores da coluna, a mulher procurou a clínica por indicação de um amigo. O crime ocorreu no último dia 21 de abril.

PUBLICIDADE

Segundo o registro policial, as dores na coluna estavam impossibilitando a locomoção da vítima, que no dia da consulta chegou a ser acompanhada por um amigo. No entanto, antes da sessão começar, o terapeuta pediu para que o acompanhante se retirasse do consultório, pois teria de ser subir as vestimentas da paciente.

Sozinhos na sala, a massagem teve início e a paciente começou a relatar momentos de sua rotina, pois o profissional chegou a afirmar que as dores poderiam ser motivadas pelo emocional.

Com a vítima de bruços, o terapeuta chegou a dizer “só de ter essa visão ganhei o dia”, se referindo às nádegas da paciente. Ainda com dores intensas, a mulher pensou se tratar apenas de uma piada grosseira e permitiu que o atendimento continuasse.

Em seguida com a paciente de frente, o terapeuta encostou um aparelho vibratório na virilha da vítima. Imediatamente, a paciente afastou o suspeito com as mãos, mas ele insistiu e tentou forçar sexo oral na vítima.

Desesperada, a mulher saiu da sala pagou R$ 150 pelo procedimento e seguiu com o amigo direto para a Casa da Mulher Brasileira. O crime foi registrado como posse sexual mediante fraude, com pena de 2 a 6 anos de prisão.

A investigação ficará a cargo da delegada Maira Pacheco Machado, da Deam (Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher).



Fonte: Campo Grande News
Veja Também
Comentários